Tradicional Entrada da Disney nos Parques em Orlando

O que fazer em Orlando e seus Parques | Guia 2018

Localizada na região central da Flórida, a cidade é a capital mundial do entretenimento em família. Emocionante e inesquecível, a primeira visita à cidade encanta crianças de todas as idades pelos maravilhosos parques em Orlando, tanto os temáticos quanto os aquáticos. Mas há muitas outras atrações e temos várias dicas sobre o que fazer em Orlando além dos parques.

É um programa caro, mas viável com algum planejamento. As atrações são diversificadas, de pequenas rodas-gigantes para os menores a montanhas-russas radicais para amantes de adrenalina. Em meio a tudo isso, shows, desfiles, praças de paisagismo irretocável, lanchonetes e muitas lojinhas.

Quanto maior a antecedência de planejamento da sua viagem, maiores as chances de economizar e aproveitar ao máximo cada minuto. Daremos dicas preciosas para montar seu próprio roteiro, aproveitando as melhores atrações de cada parque.

 

Atrações do Hollywood Studios nos Parques em Orlando
Atrações do Hollywood Studios Orlando

 

Quando Ir

O primeiro passo para que sua viagem seja inesquecível é escolher com carinho quando ir a Orlando. Se puder visitar os parques durante as baixas temporadas, aproveitará muito mais as boas atrações, pois o dia vai render se não encarar longas filas. Além disso, baixa temporada é sinônimo de economia, tanto para passagens aéreas quanto para hotéis e ingressos dos parques.

Outra questão a considerar é o clima. Os meses de temperatura mais agradável são abril, maio, outubro e novembro. Nestas épocas, você encontrará mínimas entre 15oC e 18oC, e máximas entre 26oC e 30oC. O inverno, apesar de chegar a 22oC durante o dia,  apresenta temperaturas muito baixas à noite e no início da manhã. Não é comum, mas já pegamos 5oC em noites de janeiro e quase 40oC durante uma visita em Agosto.

Março é mês de Spring Break, férias de primavera nas universidades americanas, e o movimento aumenta bastante. Julho é uma das épocas mais cheias nos parques, faz um calor infernal e chove torrencialmente quase todas as tardes. É o mês de férias de verão nos países do hemisfério norte e de inverno nos do sul. Sabemos que é uma das opções para quem vai com crianças, mas você aproveitará muito menos do que em outros meses. Se tiver oportunidade, vá em outra época.

Entre a segunda quinzena de setembro e outubro os parques entram no clima de Halloween, a Festa das Bruxas. É muito tradicional nos Estados Unidos e alguns parques criam decoração e eventos característicos. O Magic Kingdom, da Disney, inclui doces temáticos e caracterizações leves para não assustar as crianças. Durante a comemoração, vilões se fazem mais presentes nos parques e há festas especiais em noites selecionadas. O SeaWorld também faz o estilo mais leve, com pequenos shows temáticos para crianças menores. Já as noites temáticas da Universal e do Busch Gardens são mais pesadas, indicadas para adultos corajosos que adoram curtir um clima de terror e não se importam em tomar grandes sustos.

 

Festival Beer is Back do Busch Gardens nos Parques Orlando
Festival “Beer is Back” no Busch Gardens

 

As duas primeiras quinzenas de dezembro ainda são tranquilas em termos de movimento e faz pouco frio. Como atrativo adicional, os parques já estão enfeitados para o Natal e há eventos especiais para celebrar esta época do ano. O visual é incrível e os shows emocionantes! Mas nas últimas semanas do ano, entre Natal e Ano Novo, a maioria dos parques atinge sua capacidade máxima e chega a fechar os portões ainda no período da manhã. Se puder, evite!

Em suma, os melhores meses para visitar os parques de Orlando são abril, maio, e entre setembro e os primeiros dias de dezembro. Em qualquer época, sugerimos consultar também se não coincidirá com algum feriado nacional nos Estados Unidos, como o Memorial Day, comemorado na última segunda-feira de maio, ou o Labor Day, Dia do Trabalho, na primeira segunda-feira de setembro.

 

Quanto tempo ficar

Esta questão está diretamente relacionada à quantidade de parques que deseja visitar e o que mais pretende aproveitar na região, como compras e praias. O mínimo, para conhecer apenas o básico, seriam 7 dias inteiros.  Se estiver com crianças pequenas ou idosos, visitar vários parques grandes em dias consecutivos poderá cansá-los. Sugerimos intercalar os temáticos com aquáticos ou dias para aproveitar o hotel.

 

Idade ideal para levar crianças

A resposta a este questionamento depende da dinâmica de cada família, do ritmo das crianças e o quanto elas estão familiarizadas com o universo Disney.  Conhecemos mães que não deram conta de curtir os parques com filhos de 5 anos e outras que aproveitaram demais com filhos de 2. Particularmente, achamos que a partir dos 4 anos as crianças já aproveitam bastante e mantém as lembranças da viagem.

Os parques de Orlando, especialmente os da Disney, têm uma infraestrutura muito boa para atender às necessidades dos pequenos. Há fraldários e copas para alimentação em vários pontos, identificados facilmente nos mapas. Além disso, há carrinhos disponíveis para locação que permitem identificar o usuário, para evitar confusões. Atendem bem crianças de até 5 anos, dependendo do tamanho. Isso ajudará bastante, pois como os parques são muito grandes, visitantes mirins podem se cansar se precisarem andar o tempo todo. Na entrada das atrações há sempre uma área de estacionamento para estes carrinhos.

Algumas atrações mais radicais exigem altura mínima. As melhores montanhas russas só permitem participantes acima de 1,37m. Há vários brinquedos aparentemente tranquilos que requerem altura acima de 1,22m. Em todos os casos, há indicações na entrada das filas e na dos brinquedos. Se seu pequeno estiver abaixo do mínimo requerido, por menor que seja a diferença, não insista: é uma questão de segurança e os colaboradores estão instruídos a não abrir exceções, mesmo que os pais se responsabilizem.

 

Montanha Russa Manta do SeaWorld nos Parques em Orlando
Montanha Russa Manta no SeaWorld

 

Uma sugestão importante é fazer acordos sobre compras antes da viagem. Todas as atrações têm uma lojinha temática estrategicamente posicionada na saída, com produtos de enlouquecer qualquer adulto. Imagine a tentação para os pequenos! Cabe, de acordo com os combinados familiares, definir antes o que será possível ou não comprar. Se eles já tiverem noção de valor financeiro, é legal estabelecer uma verba. Se forem menores, definir quantidade e tamanho dos produtos pode funcionar melhor.

Existem atrações para todas as idades. Se seu filho gostar de filmes de animação, como os nossos, vai se emocionar ao encontrar os personagens favoritos, pegar autógrafos e tirar fotos com eles. Vai curtir as músicas, os shows e lembrar da viagem para sempre, revivendo estes momentos através de fotos e vídeos. E você vai guardar cada sorriso dele como suas melhores lembranças.

 

Gostou das dicas? Deixe seu e-mail e seja o primeiro a saber das atualizações e novos destinos do Suas Próximas Viagens. INSCREVA-SE AQUI
"Crianças" com os Personagens em o que fazer em Orlando
“Crianças” com os Personagens Disney

 

Importantíssimo lembrar que para viajar para os EUA, qualquer necessidade de atendimento médico é muito caro. Faça sua cotação de Seguro Viagem  com a  Seguros Promo e viaje tranquilo. Neste outro post, explicamos mais detalhes sobre a importância de um seguro viagem.

Usando nosso cupom: “PROXIMASVIAGENS5” você obtém 5% de desconto e ainda pode conseguir outros 5% se pagar com boleto bancário. Faça agora a simulação do valor do seu seguro viagem e veja que sua tranquilidade custará menos do que imagina.


Seguros Promo

 

 

Parques em Orlando – quais visitar

Esta é outra pergunta comum para quem visita a cidade pela primeira vez, e não existe resposta certa. O melhor roteiro é aquele que considera as suas preferências pessoais em relação ao que cada parque oferece.

É claro que alguns lugares são obrigatórios em uma primeira visita. Ir a Orlando e não conhecer o Magic Kingdom, o famoso parque da Disney com o Castelo da Cinderela, seria uma heresia. Mas para quem não é adepto a muita adrenalina, pode não valer a pena conhecer Busch Gardens e suas montanhas russas radicais, por exemplo. Nesta última passagem pela cidade, o Animal Kingdom foi o que mais nos encantou com a novidade do Avatar. Uma atração impressionante por si mesma e pela fila na entrada.

Apesar de associados a Orlando, alguns parques ficam em cidades próximas, como Bay Lake e Tampa. Também é comum encontrar pessoas que imaginam que todos pertençam à Disney, mas não é assim. Há quatro grandes grupos de entretenimento ligados aos parques: Disney, Universal, SeaWorld e Lego.

 

Disney

Parques Temáticos da Disney: Magic Kingdom, Epcot Center, Animal Kingdom e Hollywood Studios

Aquáticos: Typhoon Lagoon e Blizard Beach

Adquira seus Ingressos

 

Universal

Temáticos: Universal Studios Florida e Island of Adventure

Aquático: Volcano Bay

Apesar de adorarmos os parques da Universal e acharmos imperdíveis, ainda não temos posts sobre eles. Enquanto preparamos informações atualizadas para vocês, recomendamos que vejam as dicas incríveis do blog Mapa na Mão para o Universal Studios e o Island of Adventure.

 

 

SeaWorld

Temáticos: SeaWorld, Busch Gardens Tampa e Discovery Cove

Aquáticos: Aquatica Orlando e Adventure Island

 

Adquira seus Ingressos

 

Lego

Temático: Legoland Florida

Aquático: Legoland  Water Park

 

Kennedy Space Center

Na verdade, não é um parque temático, mas o centro de lançamentos de foguetes da Nasa, localizado no Cabo Canaveral.

 

 

Os parques são imensos e é comum andarmos vários quilômetros em uma visita aos maiores. Como você deve imaginar, requerem um dia inteiro para serem explorados e, em alguns casos, não é possível ver tudo. Assim, é muito importante que você entenda o que esperar de cada um deles para montar seu próprio roteiro e priorizar atrações de seu interesse.

Os espaços são extremamente bem cuidados, limpos e com paisagismo maravilhoso. A todo o momento, você terá a impressão de que cada detalhe foi muito bem pensado para encantar os visitantes.

Novas atrações são inauguradas todos os anos, o que explica as várias visitas realizadas por fãs da cidade. Apesar de algumas ficarem em evidência por muito tempo, normalmente as recém lançadas atraem mais participantes. Agende sua visita através dos aplicativos, se possível, ou esteja preparado por longas filas, especialmente durante altas temporadas. Acredite: em casos extremos, as filas passam de 5 horas, como ocorreu recentemente na inauguração de atrações como Harry Potter e Avatar.

Adquira seus Ingressos

 

Dicas gerais para visitar os parques em Orlando

 

Vamos passar algumas dicas básicas para quem vai a Orlando pela primeira vez e não sabe muito bem o que vai encontrar pela frente. Apesar de parecerem óbvias, conhecemos várias pessoas que tiveram esses problemas (além de nós mesmos, em alguns casos).

Como mencionamos, são vários parques e cada um oferece uma infinidade de atrações. Dependendo da época do ano, as filas são enormes e planejar sua visita fará a diferença quanto a aproveitar ao máximo. Afinal, você não programa por meses uma viagem como esta para passar horas esperando para se divertir. Os dias, principalmente em férias e em dólar, têm de render!

Após definir quantos dias terá disponível e quais parques visitará, sugerimos avaliar a melhor opção para compra dos ingressos. Ao combinar vários parques de um mesmo grupo, é comum encontrar oferta de ingressos para múltiplos dias com descontos bastante atrativos. Recomendamos comprar  antecipadamente pela internet. Além de economizar, você evitará filas para entrar e, em alguns casos, conseguirá marcar horário para participar dos programas mais concorridos através de sites ou aplicativos

Falando nisso, recomendamos baixar os aplicativos dos parques em seu celular antecipadamente. Apesar de variarem em recursos e conteúdo, a maioria o ajudará a tirar o máximo proveito da sua visita, disponibilizando mapa, informações básicas e tempo estimado de fila para cada atração em tempo real.

Alguns aplicativos vão exigir que você cadastre seus ingressos para funcionar. Por exemplo, para marcar o FastPass nos parques da Disney. Nós compramos e recomendamos usar a GetYourGuide para aquisição dos ingressos dos diversos parques. Eles praticam o preço oficial,  você concentra suas compras facilmente, sem precisar digitar seus dados em cada atração e opera com uma empresa tradicional e experiente no ramo.

O horário de funcionamento dos parques oscila ao longo do ano, ficando abertos por mais horas durante a alta temporada (julho e agosto, férias de verão nos Estados Unidos). Consulte os sites oficiais para ver os calendários.

De preferência, chegue aos parques antes de abrir e aproveite a primeira hora para ir a atrações concorridas, que estarão com filas menores. Os parques têm mapas impressos em português disponíveis na entrada, e é importante ter sempre um com você. Outra dica legal é pegar o contra-fluxo, ou seja, visitar os parques da direita para a esquerda. A maioria das pessoas faz o trajeto no sentido horário.

Organize seu roteiro deixando os parques mais concorridos entre terça e sexta-feira, preferencialmente intercalando os maiores e menores para não ser tão cansativo. Incluir ao menos um dos parques aquáticos vai ajudar a descansar e se refrescar, em especial nos meses mais quentes.

 

 

Gostou das dicas? Deixe seu e-mail e seja o primeiro a saber das atualizações e novos destinos do Suas Próximas Viagens. INSCREVA-SE AQUI

 

 

Neste post, damos as dicas para os Parques da Disney

Parques da Disney – Orlando

 

 

Como se locomover em Orlando

Quando estiver montando seu roteiro e decidindo o que fazer em Orlando, verá que as distâncias entre os parques são enormes. Não vale a pena depender de transporte público, mas recomendamos alugar um carro, o que dará autonomia e flexibilidade para aproveitar a viagem no seu próprio ritmo. Dirigir na cidade é bem tranquilo, principalmente se você estiver acostumado com grandes centros, como Rio ou São Paulo. Por isso,

Não é necessário ter carteira internacional de habilitação, apenas apresentar sua CNH válida, passaporte e cartão de crédito internacional. Saiba que também é permitido pegar o carro em uma cidade e devolver em outro destino, mas informe-se sobre tarifas adicionais aplicadas nessa situação.

Há pedágios em quase todas as vias expressas, com pontos de cobrança eletrônica. A melhor alternativa é incluir na locação do carro o SunPass, sistema para pagamento eletrônico de pedágio equivalente ao nosso Sem Parar.  Outra opção é comprar o SunPass Mini, um adesivo com chip encontrado facilmente em lojas das redes CVS (farmácias) ou Publix (supermercados).

A maioria das regras de trânsito é semelhante às nossas. Lembre-se que a velocidade é medida em milhas, equivalente a 1,6 km, mas nos Estados Unidos, há uma tolerância maior quanto a excessos. Mesmo acima da velocidade permitida, você não será multado caso acompanhe a dos demais carros. Como exemplo, se o limite for 50mph e você, assim como os demais motoristas, estiver a 60mph, ninguém será penalizado.

Outra diferença é que, quando você estiver em um cruzamento, poderá virar à direita com cuidado mesmo que o semáforo esteja vermelho. Pare totalmente, observe e faça a conversão assim que possível, independente da sinalização. A única exceção é quando existir placa determinando o contrário, “no turn on red”. Nestes casos, você deverá aguardar o sinal verde para prosseguir. Também é comum pagar para estacionar na rua ou em estacionamentos públicos. Quando for o caso, utilize os parquímetros próximos.

Outra dica legal é baixar o mapa da cidade no Google Maps em seu celular antes da viagem. Assim, você poderá contar com as informações desde o aeroporto, mesmo sem sinal de dados, tornando desnecessário contar com um GPS. Já que a maioria dos hotéis oferece vagas para carros sem custo adicional e há estacionamentos por toda a cidade, você não terá dificuldade alguma em relação a isto.

Sempre usamos a Rentcars, que pesquisa nas principais locadoras e apresenta as melhores opções. Nos permite pagar em Reais parcelado e sem a incidência do IOF.

Link Rentcars Suas Próximas Viagens

 

O que vestir e levar

Como mencionamos, você vai caminhar alguns quilômetros por dia na maioria dos parques em Orlando. Roupas e calçados confortáveis ajudarão a tornar esta experiência mais tranquila e prazerosa. Observe a previsão do tempo e esteja preparado para encontrar chuvas durante o verão.  Se pretende ir a atrações que molham (há em quase todos os parques), considere levar uma camiseta extra e avalie se seus sapatos são adequados à experiência.

O ideal é utilizar calçados que, além de confortáveis, não estraguem ao molhar e sequem com facilidade. Além disso, evite usar novos: o melhor é levar aqueles já amaciados. Sapatos e tênis novos podem apertar ou causar bolhas, o que pode comprometer o planejamento dos dias seguintes. 

É importante levar com você uma pequena mochila com alguns itens: protetor solar, protetor labial, boné, óculos escuros, camiseta extra, capa de chuva (principalmente no verão). Você poderá encontrar estes produtos nas lojinhas dos parques, mas pagará até 3 vezes o que custariam no comércio normal. Frutas, barrinhas de cereais e outros snacspodem ajudá-lo a espaçar refeições e economizar. Mas lembre-se que andará muito e leve apenas o necessário, para que a mochila não o canse demais.

Aos parques aquáticos, além do mencionado acima, leve toalhas, chinelos e roupas secas para a volta (e mais protetor solar). Você precisará alugar um armário na entrada do parque para manter seus pertences guardados enquanto se diverte. O aluguel deverá ser pago com cartão de crédito. 

À noite, alguns parques têm shows de luzes e queimas de fogos, assim como desfiles iluminados imperdíveis. Lembre-se que, mesmo sendo uma região tropical, entre novembro e fevereiro esfria bastante depois que o sol se põe. Recomendamos que esteja preparado para encarar temperaturas mais baixas se tiver a intenção de ficar até tarde.

 

Antes da diversão

Os estacionamentos são imensos e muito bem organizados, com cada sessão sinalizada com assuntos relacionados ao parque e filas numeradas. Recomendamos fotografar ou anotar a localização do carro de alguma forma em seu celular, o que facilitará bastante a localização na volta. Enquanto na Universal há um enorme prédio de estacionamento, nos da Disney trenzinhos levarão você de um ponto próximo a seu carro até a portaria principal.

Na entrada, você passará por uma breve verificação e sua mochila será inspecionada.  Embalagens de vidro, paus de selfie e tripés são proibidos. Facas, canivetes, abridores de latas e demais objetos que possam machucar outras pessoas também.

 

Aquatica Orlando – Parque aquático do SeaWorld

 

 

Dicas para “furar fila” nos parques

 

Tenha em mente: as principais atrações dos parques de Orlando sempre terão filas, principalmente em alta temporada. Como há um grande empenho para oferecer as melhores experiências a seus visitantes, estes espaços são decorados com objetos e informações relacionados ao tema para distrai-lo enquanto espera. Telas com vídeos para prepará-lo para o que vai ocorrer também são comuns.

O legal é que, na entrada das principais atrações, há uma confiável estimativa de tempo em fila. Como mencionamos, atualmente a maioria dos parques mantêm aplicativos com atualização em tempo real do tamanho da fila.

Há ainda recursos que permitem marcar um horário para que você participe das atrações. Estes passes podem ser pagos ou gratuitos, dependendo do parque e do grupo. Explicaremos os recursos em detalhes nos posts referentes a cada parque.

 

FastPass– Disney

Express Pass– Universal

Quick Queue– SeaWorld

Express Pass– Legoland

 

O que fazer em Orlando além dos parques

 

WonderWorks

Turistas que passam pela International Drive, uma das principais avenidas de Orlando, ficam intrigados com uma imensa casa de cabeça para baixo. É onde funciona o WonderWorks, parque indoor com mais de 100 atrações interativas que combina conhecimento e diversão.

Principalmente as crianças divertem-se bastante entre simuladores de desastres naturais, efeitos de ilusões de ótica, laboratório de bolhas de sabão e um enorme teclado no chão.  Há ainda um concorrido simulador de montanha russa, laser tag, tirolesa indoor, cinema 4D e brinquedos eletrônicos típicos de fliperamas.

 

WonderWorks – Casa de Cabeça para Baixo em Orlando

 

iFly

Ao lado do Wonderworks, também na International Drive, há uma unidade do simulador de saltos de paraquedas iFly, mesma empresa presente em Brasília e São Paulo. Se você sonha em sentir a adrenalina, mas tem medo de altura, é uma experiência válida e interessante. Além disso, é totalmente segura e você poderá realizar o treinamento em família.

Você fará duas simulações de queda livre de 1 minuto de duração cada. Mas antes de entrar na cabine de ventos, vestirá roupa, capacete e óculos de segurança. Passará por um breve treinamento, onde receberá instruções sobre a posição adequada e dicas do seu instrutor, que o acompanhará no tunel. Há opção de utilizar óculos de realidade virtual, que fará com que a sensação seja ainda mais intensa. Você poderá contratar também a compra de fotos e vídeo da simulação. Entre seu check-in e a saída, você deve reservar 1:30h para a experiência completa.

 

iFly nos Parques em Orlando
iFly em Orlando

 

Disney Springs

Antigo Downtown Disney, reabriu em 2016 após amplificação e modernização do espaço. É um centro comercial imperdível, com mais de 150 lojas e restaurantes temáticos, além de atrações exclusivas. Tornou-se o principal ponto gastronômico da cidade, com restaurantes de vários estilos e especialidades. Chefs renomados montaram unidades de suas redes, como o Morimoto Asia, o Frontera Cocina e o Homecomin’Florida.

Em termos de entretenimento, há sempre algo diferente a fazer por lá. Shows de variados gêneros musicais ocorrem em um dos muitos espaços.  Há também confortáveis salas de cinema com opção de jantar durante o filme.

Mais novo queridinho da cidade, o The Void, inaugurado há poucos meses, é uma atração de realidade virtual em parceria com a Lucas Film. Nela, você é convidado a participar de uma missão no Star Wars – Secrets of Empire. Munido de capacete e colete especiais, você entra no universo virtual dos rebeldes, disfarçado de stormtrooper. Através do capacete você consegue ver as cenas e se comunicar com sua equipe, de até 4 pessoas. Além da parte visual, a experiência 4D também envolve outros sentidos,   pela utilização de aromas e oscilação de temperatura. É possível adquirir seu ingresso antecipadamente com desconto no site e marcar hora para aproveitar. Para crianças acima de 1,22m e duração aproximada de 30 minutos.

A ser inaugurado em meados de 2019, o NBA Experience será um complexo temático sobre basquete. Ocupará uma grande área, anteriormente utilizada pelo Disney Quest, único parque indoor do grupo. A construção será inspirada nas modernas arenas utilizadas para jogos da modalidade, contando com atrações interativas e lojas de produtos relacionados ao esporte.

 

 

ICON Orlando 360

Antigo I-Drive 360, este novo centro de entretenimento localizado na International Drive reúne lojas, restaurantes e atrações imperdíveis.

A principal é a ICON Orlando, antiga Orlando Eye, roda gigante semelhante à de Londres.  Com mais de 120m de altura, proporciona uma visão única da cidade em uma voltinha lenta, de mais de 20 minutos. São 30 cabines climatizadas com um banco central e tablets instalados para localização dos principais pontos turísticos de Orlando.

Orlando Eye em o que fazer em Orlando
ICON Orlando / Orlando Eye

 

 

Um concorrente à altura, literalmente, é o novo StarFlyer, chapéu mexicano que gira seus participantes a incríveis 136m, a mais de 70km/h. Inaugurado em maio de 2018, o passeio proporciona 4 minutos de pura adrenalina. A iluminação noturna é multicolorida e chama atenção à distância.

 

 

 

O centro conta ainda com uma unidade do famoso museu de cera Madame Tussauds. Assim como nas demais unidades, a diversão consiste em ver estátuas de cera em tamanho natural de personalidades de todos os meios e tempos. Cantores, atores, atletas, políticos e até Walt Disney esperam para posar com você para fotos em cenários característicos. Parece um programa sem muitos atrativos, mas jovens e  crianças divertem-se bastante. 

SeaLife Aquarium é um aquário marinho de pequenas proporções, mas bastante interessante para visitar com crianças.  Tubarões, raias, águas-vivas e várias outras espécies estão bem representadas. Dividido em pequenas áreas, replica ambientes dos oceanos separadamente, assim como regiões como o Everglades, da Flórida. Painéis informativos trazem curiosidades que encantam os pequenos.

Entre as opções de gastronomia, você encontrará desde redes como Outback e Shake Shack a restaurantes de alto padrão, de várias especialidades.

 

Universal Citywalk

Outro centrinho comercial super badalado na cidade é o Universal Citywalk, localizado entre o estacionamento e a entrada dos parques. O espaço reúne bares, lojas e restaurantes e é perfeito para jantar após a diversão.

Também há um complexo com 20 salas de cinema da Cineplex e um minigolf. O Blue Man Group, os musicais homens azuis que participaram de vários comerciais de uma operadora de celular no Brasil,  apresentam um show fixo há mais de 10 anos.

Entre os restaurantes, destacamos a maior unidade do Hard Rock Cafe com sua decoração temática, e o Bubba Gump Schrimp, inspirado no filme Forrest Gump e pratos à base de camarões. Você também encontrará restaurantes japoneses, chineses, mexicanos e muito mais. Há ainda bares com música ao  vivo de vários estilos e até karaokê.

 

 

 

Onde comer em Orlando

 

Algumas pessoas voltam de uma primeira visita aos Estados Unidos queixando-se de que comeram mal e passaram o tempo todo à base de lanches. Isto é comum principalmente entre os que visitam apenas os parques de Orlando, onde a maior parte das opções são lanchonetes no estilo fast food.

Entretanto, Orlando oferece a seus visitantes fácil acesso a restaurantes de especialidades do mundo todo. Cozinhas italiana, grega, asiática e até brasileira estão presentes em bons restaurantes pela cidade. Há muitas opções, dos mais diversos estilos e preços, além das mencionadas nos centros comerciais acima.

 

Nos Parques

 

Sabemos que parece desanimador, mas dentro dos parques você encontrará normalmente duas opções: lanchonetes tipo fast food, ao melhor estilo hamburguer e batata frita, ou restaurantes sofisticados. Os melhores, como deve imaginar, são caros, disputados e requerem reservas com até 3 meses de antecedência. Se você fizer questão de comer bem e em lugares confortáveis, recomendamos iniciar seu planejamento o quanto antes, especialmente durante a alta temporada. Faremos menção aos principais restaurantes nos posts de cada parque.

Se estiver com crianças, informe-se também quanto a eventos especiais com os personagens, como café da manhã ou jantar. Há programações em alguns restaurantes dentro dos parques e nos resorts do complexo Disney. Mesmo quem não estiver hospedado pode participar, mediante reserva.

Redes de Refeições Rápidas em Orlando

 

Existem várias redes de restaurantes nos Estados Unidos para refeições rápidas a bom custo-benefício. Para uma primeira visita, é bom ter referências e sugerimos que conheça algumas delas.

 

Olive Garden

Esta rede de restaurantes com inspiração na culinária italiana foi inaugurada em 1982. Estão entre os restaurantes mais concorridos por brasileiros que frequentam a cidade. O forte de seu cardápio, como deve imaginar, são massas e saladas. O pãozinho servido quente como entrada é uma delícia. Há combos promocionais interessantes no horário do almoço, incluindo salada ou sopa, mais prato principal.

Hard Rock Cafe

As casas com decoração temática inspirada nas bandas de rock são famosas. Em suas unidades, há objetos originais, como instrumentos musicais e objetos que pertenceram a grandes ídolos do gênero. No cardápio, hambúrgueres, massas e grelhados com vários tipos de acompanhamentos.

 

Red Lobster

Rede de restaurantes com receitas à base de frutos do mar, com porções grandes e preço justo. São várias opções de pratos de lagostas e camarões servidos com acompanhamentos diversos. O pãozinho de queijo (deferente do mineiro, claro) servido quentinho como entrada é uma perdição. Se você gosta de frutos do mar, vale a pena experimentar.

 

Shake Shack

Rede de hamburguerias com sanduiches de ótima qualidade, acompanhados por saladas frescas e batatas fritas sequinhas. Nada que possa ser comparado a fast foods como Mc e Bob’s.

 

Panera Bread

Às vezes, tudo o que precisamos é de um lanche rápido, seja frio ou quente. No calor da Flórida, uma saladinha também cai muito bem . É o que você encontrará em uma das muitas unidades da Panera, localizadas em shoppings e pequenos centros comerciais.

 

IHOP

A International House of Pancakesé mais procurada por seus combos de café da manhã, bem ao estilo americano. Um festival de ovos, bacon, panquecas e waffles de vários tipos e variações. Perfeito para um café da manhã reforçado ou  brunch (mistura de breakfast com lunch), traz pratos bem serviços a um valor bacana.

 

Starbucks

Atualmente, a maior parte dos brasileiros já está familiarizada com esta grande rede de cafeterias. Elas costumam lotar, principalmente para o café da manhã e quando são próximas de centros comerciais. Em Miami, o grande apelo são as bebidas geladas à base de café, como o Frapuccino, e refrescos de frutas.

 

Para quem nunca foi aos Estados Unidos, algumas dicas importantes:

Os refrigerantes são de máquina, servidos com muito gelo. Avise o garçom antecipadamente se preferir sem. O preço vai parecer alto, mas refis são servidos sem custo adicional.

O serviço não é adicionado diretamente na conta. As tips (gorjetas) são a principal parte do salário dos atendentes e é hábito remunerá-los com 15% a 20% do valor da conta. Se for pagar com cartão, você deverá incluir o valor ao assinar o comprovante de pagamento.

 

Compras em Orlando

 

Provavelmente você está programando o que fazer em Orlando pensando em diversão, não em compras, mas este pode ser um excelente benefício secundário para sua viagem. De uma forma geral, você encontrará eletrônicos, roupas e cosméticos a valores bem atrativos.

Por ser uma cidade essencialmente turística, os preços não são os melhores do país, mas ainda assim compensam. Sugerimos procurar pelos outlets da região, com lojas de desconto de marcas conhecidas.

São três outlets na região. O maior deles, Lake Buena Vista, tem mais de 400 lojas e fica próximo ao Walt Disney World Resort. Na mesma região, há o Orlando Vineland Premium Outlets, com 160 lojas. Já o famoso Premium Outlets oferece mais de 180 lojas de marcas bastante procuradas por nós, brasileiros.

Entre os principais shoppings,  o The Florida Mall é o queridinho dos brasileiros. Oferece 270 lojas de marcas badaladas como Victoria’s  Secret, Macy’s e Forever 21. A loja temática multicolorida da M&M’s World agrada crianças e adultos, com os deliciosos confeitos e outros produtos associados à marca.

 

Uma das entradas do Florida Mall em o que fazer em Parques Orlando
Uma das entradas do Florida Mall

 

De arquitetura fantástica e lojas incríveis, o The Mall at Millenia, vale a visita mesmo se você não pretende fazer compras na cidade. Próximo à Universal,  abriga grifes sofisticadas como Prada, Chanel, Louis Vuitton e Tiffany’s e outras 150 lojas.

 

Entrada do Millenia em o que fazer em Orlando
Entrada do The Mall at Millenia

Antes de ir às compras, sugerimos baixar em seu celular aplicativos para uso de cupons de desconto, algo muito utilizado nos Estados Unidos. Há vários disponíveis, mas em nossa última viagem experimentamos o RetailMeNot e conseguimos descontos expressivos em lojas como Macy’s, Target e Best Buy. Vale a pena utilizar!

Evite ao máximo deixar sacolas expostas dentro do carro. Se precisar guardar as compras no veículo e voltar para o shopping, mude o carro de lugar. Infelizmente, furtos deste tipo são muito comuns na Flórida.

Outra dica importante é quanto à compra de eletrônicos. Sugerimos que busquem sempre lojas grandes como Best Buy e Walmart. Lojas menores podem ter bons preços e atendimento simpático, muitas vezes em português, mas nem sempre os produtos são confiáveis. Em qualquer situação, recomendamos que abra e teste os produtos no hotel.

Para facilitar seu planejamento, fizemos um post inteiro detalhando as melhores dicas de compras em Orlando aqui.

Compras em Orlando – Melhores Dicas e Sugestões

 

 

 

Sempre usamos a Rentcars, que pesquisa nas principais locadoras, apresenta as melhores opções e podemos pagar em Reais, sem a incidência do IOF.

Link Rentcars Suas Próximas Viagens

 

 

Fizemos este post para ajudar você a encontrar onde ficar em Orlando

Onde Ficar em Orlando

 

 

 

 

Ao programar sua viagem à região, saiba mais sobre o que fazer em Tampa.

Tampa Bay Area e Clearwater – Flórida

 

O Que Fazer em Miami

 

 



Booking.com


PLANEJANDO SUA VIAGEM 

Planeje sua viagem através do Suas Próximas Viagens. Nossos Parceiros são os mais conceituados do mercado, oferecem serviços de qualidade e são referência em suas áreas.

Nós frequentemente usamos estes serviços em nossas viagens e recomendamos. Em muitos artigos, deixamos de mencionar diversas empresas, pois não tivemos boas experiências com elas. Nosso objetivo é ajudar você a planejar suas próximas viagens para que sejam sensacionais!

 
  • HOSPEDAGEM →  Você encontrará as melhores opções através do booking.com 
  • PASSAGEM AÉREA →  Pesquise e Compre Passagens aéreas com a Passagens Promo 
  • ALUGUEL DE CARRO →  Alugue um carro com facilidade e segurança na rentcars.com 
  • SEGURO VIAGEM → Viaje mais tranquilo e com segurança com a Seguros Promo  

4 Comments

  1. Eu não me conformo de nunca ter percebido o Wonderworks! Já fomos três vezes a Orlando e nunca vi esta casa. De repente nem passamos na frente. Mas achei fantástica! Adoro Orlando e adorei o post que está muito completo e com dicas imprescindíveis. Beijos, Michela.

    • Michela, o exterior do Wonderworks chama muito a atenção de quem passa na International Drive por sua arquitetura peculiar. Vale investir algumas horas para conhecê-lo por dentro, em especial se estiver com crianças ou adolescentes. As atrações despertam a curiosidade dos pequenos, com interações ao mesmo tempo educativas e divertidas. Inclua em seu roteiro na próxima visita a Orlando! Um beijo e obrigada

Deixe um Comentário ou Sugestão