Parque Nacional de Yellowstone

Os Encantos do Parque Yellowstone

A diversidade de cenários no Parque Nacional de Yellowstone é maravilhosa: gêiseres, fontes termais, cânions, montanhas, lagos e cachoeiras se alternam para deleite dos visitantes. Em meio a tudo isto, uma fauna que atrai observadores de animais de várias espécies e portes.

Vamos começar respondendo à pergunta que mais ouvimos: não, infelizmente não vimos Zé Colméia, Catatau ou outro membro da família. Esta foi nossa única frustração: o parque é enorme, maravilhoso e oferece uma diversidade de cenários de tirar o fôlego. Mesmo com a expectativa alta, ele consegue superar.

 

 

Primeiro parque natural do mundo, formalmente criado em 1872, Parque Nacional de Yellowstone está mais de 2.000m acima do nível do mar e tem 8.991 km2. Como referência, a Grande São Paulo, com seus mais de 21 milhões de habitantes, tem menos de 8.000km2. A principal característica é que a região fica sobre uma caldeira vulcânica, origem dos gêiseres.

A maior parte desta área fica no Estado de Wyoming, mas se estende por Idaho e Montana. Para ter uma ideia de sua extensão, mesmo hospedados em uma região central do parque percorremos mais de 320km em um único dia.  Por estes motivos, sugerimos reservar ao menos 4 dias para apreciar seus encantos.

 

Como Ir ao Yellowstone

O ingresso para acesso ao parque custa US$ 30 por veículo com até 5 pessoas por uma semana. Caso pretenda visitar outro parque ou permanecer por mais tempo, considere adquirir o passe anual do NPS National Park Service.  Ele dá direito à entrada e permanência a todos os parques nacionais por todo o ano. Na portaria, você receberá um folheto com o mapa e informações essenciais sobre a fauna, os gêiseres e indicações de segurança.

O parque possui mais de 40 quedas d’água e muitos pontos para admirá-las. A Lower Falls é a mais bonita, em meio a um lindo cânion, com mais de 100m de altura. Nosso mirante favorito, o Inspiration Point rende fotos maravilhosas, que mais parecem pinturas. Do outro lado do cânion, o Grandview é mais tranquilo e ofere vistas igualmente espetaculares.

Próxima à entrada norte do parque, a Mammoth Hot Spring impressiona com enormes paredes em mármore travertino. Em alguns pontos, o mármore forma terraços com a forma de cachoeiras congeladas.

A melhor forma de conhecer o parque é através de veículo próprio. Isto dará a você a flexibilidade de escolher quando ir e onde ficar, pelo tempo que quiser, no seu ritmo. Esta é a principal dica: faça seu roteiro e explore com calma o pedacinho de Yellowstone que combina mais com você.

As distâncias no Park Yellowstone são imensas e vai requerer que você esteja de carro. Não existe outra forma para se locomover entre os pontos turísticos.

A rentcars.com pode lhe auxiliar em encontrar o aluguel de um veículo com tarifas econômicas e ainda pagar em Reais, sem a incidência do IOF. Consulte através do link abaixo.

Link Rentcars Suas Próximas Viagens

 

Quando Ir

No Parque Nacional de Yellowstone é fácil responder “quando ir e onde ficar”. As melhores épocas do ano para conhecer Yellowstone são primavera e outono. O parque recebe mais de 4 milhões de visitantes por ano, sendo mais de 70% deles durante o verão. Ir ao parque entre junho e setembro requer planejamento com meses de antecedência para conseguir reserva em hotel ou permissão para acampar. Nesta época, leve na bagagem uma dose extra de paciência, porque é certeza de encontrar filas, trânsito e muitos turistas.

O inverno rigoroso reserva cenários totalmente distintos, não menos atrativos para quem gosta de frio e neve. Entretanto, algumas entradas, hotéis e vias permanecem fechados durante este período. Se esta for sua escolha, pesquise antes sobre condições e disponibilidade de hospedagem neste site. A região é típica de montanha e, exceto no verão, encontrará temperaturas negativas à noite e no início da manhã.

 

Onde Ficar

Pela extensão do parque e distância entre suas atrações, a melhor opção é hospedar-se dentro dele. São 9 complexos administrados pela mesma concessionária, a Xanterra. Todos funcionam entre a primavera e o outono, mas apenas dois permanecem abertos durante o inverno.

Considere hospedar-se nas áreas centrais, como Canyon Village e Lake Village. Isto facilitará deslocamentos e diminuirá o tempo em trânsito, principalmente na alta temporada. Nós ficamos no Canyon Village, em um complexo inaugurado em 2016. A região é excelente e central, com diversos restaurantes e lojas. O prédio é charmoso, os quartos novos e limpos, cama super confortável e um chuveiro delicioso. Porém, optamos pelos quartos mais simples e são minúsculos! Não há armários e a única forma de abrir as malas é colocando-as em cima da cama. Ficamos bem acomodados, mas foi divertido. Importante ressaltar que as diárias são salgadas e não incluem internet e refeições. Ainda assim, os hotéis são muito concorridos e é necessário reservar com meses de antecedência.

Devido a dimensão do parque, até sinal de celular é bastante restrito, funcionando em poucos lugares apenas. Irá se sentir isolado sem internet ou celular. Meu marido teve tremedeiras 🙂

O parque possui ainda 12 áreas de camping, cinco delas também administradas pela Xanterra, com necessidade de reserva antecipada. Os sete demais atendem interessados por ordem de chegada, mas não vale a pena arriscar, principalmente durante o verão.

 

Onde Comer

Sobre os restaurantes e lanchonetes, não há muito o que falar. Digamos apenas que a experiência gastronômica destoa totalmente do encantamento com as belezas naturais do parque. Experimentamos vários restaurantes, inclusive o bem recomendado Old Faithful Inn. Além da comida não ser boa, o serviço também deixa a desejar. Sim, você sentirá muitas saudades da comida de casa.

Gostou das dicas? Deixe seu e-mail e seja o primeiro a saber das atualizações e novos destinos do Suas Próximas Viagens. INSCREVA-SE AQUI

Opções mais econômicas de hospedagem são encontradas nas cidades próximas às entradas. Neste caso, sugerimos concentrar sua base próxima à entrada oeste, em West Yellostone. Há dezenas de alternativas em hotéis de redes como Best Western e Holiday Inn, além de restaurantes e lanchonetes. O link do Booking ao lado vai lhe trazer opções mais em conta ao redor do parque.

 

Atração Principal do Parque Yellowstone – Geysers

Yellowstone está sobre a cratera de um supervulcão ativo, com 90km de largura e entre 2 a 15km de altura. Sua última grande erupção ocorreu há mais de 640.000 anos, atingindo milhares de quilômetros ao redor. Este fato causou impactos na vida e no clima de todo o continente.

Em função disto, ocupa uma área de alta atividade sísmica, registrando mais de 2.000 pequenos tremores de terra anualmente. Não se preocupe, a maior parte deles não é sequer sentida pelos visitantes.

Existem aproximadamente 500 gêiseres (ou geysers) em atividade no parque, de diversos tipos, intensidade, tamanho e frequência de erupção. Isto representa mais da metade dos existentes no mundo. Ao contrário do que imaginávamos, o cheiro dos gases sulfurosos emitido pelas erupções não chega a incomodar. As áreas dos gêiseres e fontes termais são frágeis e instáveis. Por questões de segurança e preservação, não é permitido caminhar fora das trilhas de madeira construídas em sua volta. Poucos meses antes de visitarmos, em 2016, um rapaz morreu ao tentar mergulhar em uma das fontes termais. Trágico, mas ocorreu por ter mergulhado nas águas que, além de ácidas, estavam a mais de 100oC.

 

Uma boa dica para conhecer os principais gêiseres durante a erupção é baixar um aplicativo do próprio NPS. O Yellowstone Geysers é gratuito e traz informações de localização e previsão de horário das erupções. As estimativas revistas diariamente também são informadas na recepção dos hotéis e demais pontos de apoio a visitantes pelo parque.

 

Old Faithful

A área com a maior concentração de gêiseres e fontes termais do mundo fica em Upper Geyser Basin. O mais conhecido e visitado é o Old Faithful, ou velho fiel, localizado no Upper Geyser Basin. Seu nome deve-se à constância de suas erupções, em intervalos entre 60 e 110min, dependendo da duração da anterior. Seus jatos podem passar de 50m de altura e duram entre 1,5min e 5min, jorrando uma média de 20.000l de água, a quase 100oC, a cada erupção.

Existe até uma estrutura para acomodar os visitantes, como uma pequena arquibancada. Outra boa dica: mesmo a uns 100m de distância, proteja seu equipamento fotográfico. Como poderá ver nas fotos abaixo, gotas de água espirraram em uma de nossas lentes durante a erupção.

 

 

Há um Centro de Educação de Visitantes ao lado, onde há uma mostra muito interessante com informações detalhadas sobre as formações geológicas da região.

 

Grand Prismatic Spring e Excelsior Geyser

A poucos quilômetros dali sentido norte fica a Midway Geyser Basin, onde há outros dois pontos interessantes a visitar. O Excelsior Geyser, que em 1985 ficou em erupção contínua por 2 dias, jorrando mais de 15.000l de água por minuto. Logo à frente, encontrará a Grand Prismatic Spring, maior e mais bonita fonte de águas termais dos EUA, com 112m. Suas cores devem-se à presença de algas e bactérias pigmentadas que se alojam nos minerais do solo. A intensidade e as tonalidades das cores oscilam de acordo com a temperatura da água.

 

Fontes Termais Grand Prismatic Spring em Yellowstone National Park
Fontes Termais Grand Prismatic Spring

 

A 3km dali, a Great Fountain Geyser costuma dar shows a cada 11h, com uma das erupções mais bonitas do parque Yellowstone. Localizada no meio de uma piscina, seus jatos assumem o formato de fonte e podem atingir 60m de altura. Possui pequenos outros gêiseres em volta e uma passarela em madeira em volta.

Steamboat Geyser, localizado na Norris Geyser Basin, é o gêiser ativo com erupções mais altas no mundo, com jatos aproximando-se de 100m. Contudo, é impossível prever quando ocorrerão, podendo ficar anos sem uma única ocorrência.

Veja mais informações sobre os gêiseres de Yellowstone no site oficial, em inglês.

 

Entardecer no Parque Nacional de Yellowstone
Entardecer no Parque

 

Celular no Parque Nacional de Yellowstone

Devido à sua extensão, usar o celular não é muito fácil. O sinal de GSM não cobre o parque todo. Wifi é disponibilizado apenas em poucos centros de alimentação e não há em muitos dos alojamentos.

O chip da Easysim4u que opera com a tecnologia da T-Mobile no EUA, tem uma cobertura razoável, bem melhor que a da AT&T dentro do parque, mas ainda assim não é 100%.

Link do Easysim4U

Banner da Viajanet para o Suas Próximas Viagens

 

A Fauna de Yellowstone

É um dos grandes atrativos do parque. É a região dos Estados Unidos onde encontra-se a maior diversidade de espécies. São 67 tipos de mamíferos, mais de 300 de aves e 18 de peixes, além de répteis e anfíbios.

Ursos

Para os amantes de vida selvagem, a espécie de maior interesse são mesmo os ursos. Somente pardos são mais de 700 vivendo no parque, sem contar os negros. Os melhores horários para vê-los são amanhecer e pôr do sol, quando saem para alimentar-se. Há sempre informações atualizadas nos hotéis e restaurantes sobre os locais mais prováveis para vê-los na época.

Em algumas partes do parque yellowstone, nos chamava a atenção a enorme quantidade de visitantes com cadeiras e binóculos, dos mais simples aos mais potentes, apoiados em tripés. Ficamos animados e em duas ocasiões nos juntamos a estes grupos na esperança de encontrar o Zé Colméia, mas não demos sorte.

Bisões

Transitam pelo parque durante o dia todo, em vários lugares. Fomos recepcionados por uma manada deles cruzando a via de acesso próxima à entrada oeste assim que chegamos. Em outra ocasião, estávamos com o carro estacionado no acostamento fotografando um dos lagos, quando um bisão se aproximou silenciosamente, ficando a uns 5m de onde estávamos.

Importante ressaltar que, apesar de não parecerem violentos, são responsáveis pela maior parte dos acidentes envolvendo visitantes no parque. É comum encontrarmos pratos preparados com sua carne nos restaurantes do parque Yellowstone – mas nós não encaramos.

 

 

Outros Animais

Outros mamíferos como alces, veados, lobos, coiotes e carneiros selvagens habitam o parque Yellowstone. Animais de menor porte, como esquilos e outros roedores também acompanham os visitantes em seus passeios.

Pássaros menores de todas as cores são vistos e ouvidos durante todo o dia. Além disto, águias, pelicanos, cisnes e vários tipos de patos disputam as margens dos lagos e sobrevoam as paisagens maravilhosas. O parque também é muito procurado por amantes da pesca, especialmente atraídos por suas trutas.

Entre as orientações de segurança, manter ao menos 100m de distância de ursos e lobos e 25m dos demais animais. É proibido alimentar ou assediar de qualquer forma os animais. Além disto, é proibido coletar qualquer tipo de produtos naturais ou arqueológicos do parque, mesmo flores silvestres.

 

 

 

 

 

 

 

Gostou das dicas? Deixe seu e-mail e seja o primeiro a saber das atualizações e novos destinos do Suas Próximas Viagens. INSCREVA-SE AQUI

Importantíssimo lembrar que nos EUA qualquer necessidade de atendimento médico é muito caro. Então faça sua cotação de Seguro de Viagem  com a  Seguros PromoUm seguro de viagem internacional começa a partir de R$9,00 por dia. Vale muito a pena para que você possa viajar mais tranquilo.

Cupom Seguros Promo Suas Próximas Viagens

 

 

Entrada West do Yellowstone Park
Entrada West do Yellowstone Park

 

Veja os outros artigos que criamos sobre outros Parques Nacionais no EUA

 

Se gostou deste parque, você precisa se programar também para conhecer o Parque Nacional de Yosemite. Depois conte para nós o que você gostou mais, pois nós não conseguimos decidir 😀

Tenaya Lake no Yosemite National Park
Tenaya Lake no Yosemite National Park

 

Se passeios a destinos com muita beleza natural é algo que lhe atrai, veja nossos artigos sobre o Deserto do Atacama que visitamos em 2017 e retornaremos em 2019, de tão encantados que ficamos.

 

Deserto do Atacama – Guia Completo

 

 

PLANEJANDO SUA VIAGEM 

Planeje sua viagem através do Suas Próximas Viagens. Nossos Parceiros são os mais conceituados do mercado, oferecem serviços de qualidade e são referência em suas áreas.

Nós frequentemente usamos estes serviços em nossas viagens e recomendamos. Em muitos artigos, deixamos de mencionar diversas empresas, pois não tivemos boas experiências com elas. Nosso objetivo é ajudar você a planejar suas próximas viagens para que sejam sensacionais!

 
  • HOSPEDAGEM →  Você encontrará as melhores opções através do booking.com 
  • PASSAGEM AÉREA →  Pesquise e Compre Passagens aéreas com a viajanet 
  • ALUGUEL DE CARRO →  Alugue um carro com facilidade e segurança na rentcars.com 
  • SEGURO VIAGEM → Viaje mais tranquilo e com segurança com a Seguros Promo  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*