Tradicional Letreiro no Aeroporto em O que fazer em Amsterdam Melhores Dicas

O que fazer em Amsterdam – Melhores Dicas

O que fazer em Amsterdam?  É uma cidade única, com várias características peculiares. Anualmente, mais de 4,5 milhões de turistas visitam a cidade, além das 16 milhões de pessoas que apenas passam o dia por lá, principalmente através de cruzeiros. Quisemos ajudar a você planejar suas próximas viagens e montamos este artigo com as melhores dicas de Amsterdam

Uma das mais belas capitais da Europa, possui 850 mil habitantes e 880 mil bicicletas. Não, nós não erramos na digitação: muitos adultos têm 2 ou 3 na garagem. Se já estiver pensando em explorar a Capital das Bikes em duas rodas, porém, pense duas vezes: o trânsito é insano e leva alguns dias para se familiarizar com as regras.

Também conhecida como Veneza do Norte, a cidade possui mais de 100 canais e 1.200 pontes, construídos a partir do século 17 para conter a água e acomodar o grande crescimento populacional da época. As áreas próximas aos canais mais antigos são incríveis e atualmente protegidas como Patrimônio Histórico da Unesco. Logo, dá para conhecer boa parte da cidade também através de passeios de barco.

 

 

Melhores Dicas de Amsterdam

Apesar do holandês ser o idioma oficial, nos comunicamos em inglês sem dificuldade alguma até em postos de gasolina. Uma preocupação a menos para quem estiver planejando viajar para lá.

Impossível deixar de falar sobre outra característica marcante: o ambiente liberal, com consumo de drogas legalizado e prostituição regulamentada. Mesmo quem nunca foi a Amsterdam provavelmente já ouviu sobre o Red Light District, ou Bairro da Luz Vermelha. O nome vem da cor dos neons usados ao redor das vitrines onde moças de lingerie se expõe para atrair clientes. A prostituição faz parte da história da cidade desde o séc. 12, quando marinheiros eram os principais clientes. Há também vitrines com luzes azuis, que significa pertencer a um travesti ou transexual, e vitrines ocupadas por mais profissionais que trabalham em dupla. Por motivos óbvios não é permitido fotografar as vitrines.

Outro chamariz são as cafeterias, que raramente vendem café. Com certeza, encontrará bolinhos de haxixe e maconha, assim como sementes e fumo pronto para consumo, apenas vendidos em pequenas quantidades (máximo de 5g por dia) e para maiores de 18 anos. Existem muitas cafeterias espalhadas pela cidade e, sem dúvida, a mais conhecida é a rede The Bulldog, com várias unidades e, muitas vezes, fila na porta para entrar. Ao contrário do que se possa imaginar, esta política de tolerância fez com que os índices de violência e mortes relacionadas ao consumo de drogas se estabilizasse como os mais baixos de todo o continente.

Passear pelas pequenas ruas do Red Light District é diversão garantida em qualquer hora do dia ou da noite. Além das vitrines animadas e cafeterias, são comuns lojas de produtos relacionados aos temas, como sex shops, a famosa Condomerie (especializada em camisinhas, com artigos de todas as cores, formatos, tamanhos e sabores possíveis) e lojas de acessórios para usuários de drogas, como cachimbos e camisetas com frases divertidas. Para os curiosos, há também o Museu da Prostituição e o Museu Erótico.

 

 

A GetYourGuide possui diversos passeios guiados na cidade.

 

 

Quando ir

Ao marcar sua viagem, pesquise sobre eventos e evite épocas de férias na região. Como queríamos visitar o Keukenhof, parque das tulipas aberto apenas durante a primavera, programamos nossa primeira visita à Holanda para o final de Abril. Não sabíamos que este período coincidia com as férias de Primavera de faculdades da Europa e o resultado foi um caos total! A cidade estava completamente lotada, apinhada, abarrotada de universitários (ressaltamos o suficiente?). Difícil até caminhar pelas ruas estreitas do centro. Como o inverno na região é bastante rigoroso e vários pontos turísticos fecham nesta época, recomendamos ir nas baixas temporadas: entre abril e junho (com o cuidado de evitar férias de Primavera) e Setembro a Outubro.

 

Onde ficar em Amsterdam

A hospedagem em Amsterdam é uma das mais caras que conhecemos. Existem hotéis de várias categorias, mas difícil encontrar um bom custo-benefício em localização interessante, afinal, nada melhor que acordar e dar de cara com um dos muitos canais da cidade. Se conseguir hospedar-se em uma casa-barco, a experiência fica ainda mais típica. Nós optamos por alugar uma casa através do Airbnb, afastada do centro mas em uma localização fantástica: no cruzamento entre dois canais. A vista era tão linda ao amanhecer e no final da tarde que programamos alguns dos passeios priorizando estar de volta para assistir a este espetáculo. A experiência foi fantástica e, se estiverem em um pequeno grupo, recomendamos considerar esta possibilidade.

Do contrário, ao final do post, há uma seleção do Booking.com com ofertas atualizadas.

 

 

Como chegar

A partir de São Paulo, a única companhia aérea que oferece vôos diretos é a KLM. A partir de outras cidades, existem várias opções de conexão por outras companhias. Se já estiver em outra cidade da Europa, é fácil chegar a Amsterdam de avião ou trem.

 

 

Gostou das dicas? Deixe seu e-mail e seja o primeiro a saber das atualizações e novos destinos do Suas Próximas Viagens. INSCREVA-SE AQUI

 

A cidade é encantadora e merece ser descoberta através de caminhadas pelas suas pontes e canais, sem pressa, em especial pelo Jordaan, bairro mais charmoso e tipicamente holandês repleto de restaurantes e bares. Além disto, alguns pontos são obrigatórios em sua passagem pela capital holandesa. Vejam a seguir nossa recomendação dos Melhores Passeios em Amsterdam.

O que fazer em Amsterdam

Se estiver pensando em um roteiro na cidade, aconselhamos fazer uma reflexão quanto aos seus próprios interesses pois há muito o que ver em Amsterdam. Poderíamos montar roteiros de 3 ou 4 dias, que seria o mínimo que recomendaríamos, mas preferimos ressaltar as atrações mais importantes e deixar que você escolha dentro da sua disponibilidade de tempo.

Museumplein

Vamos começar pelo básico: é na Museumplein, a Praça dos Museus, que você encontra o famoso letreiro I AMSTERDAM. Impossível convencer alguém que esteve na cidade se não tiver uma foto sua por lá. Confesso que nós não tiramos: a foto que ilustra o outro post foi tirada na réplica do letreiro instalado no aeroporto.

Como comentamos, estivemos em Amsterdam durante as férias da Primavera e, com a praça lotada de turistas, o máximo que conseguiríamos seria uma foto no melhor estilo “Onde está Wally”. Na falta da conhecida camiseta listrada branca e vermelha, deixamos para uma próxima visita.

A praça é linda e um verdadeiro ponto de encontro de turistas de todas as nacionalidades, com um enorme gramado a sua frente. Durante o inverno, a paisagem muda totalmente e seu lago transforma-se em pista de patinação. Entre os museus mais visitados, você encontrará o Rijks e o Van Gogh.

Rijksmuseum

O Rijksmuseum é uma experiência imperdível para os amantes de arte. O museu mantem uma representação da história dos Países Baixos através da arte, desde a Idade Média até os dias atuais. A Holanda foi berço de grandes pintores, em especial no séc. 17, tendo em Rembrandt seu maior mestre. Recomenda-se adquirir os ingressos antecipadamente através do site oficial. Aberto diariamente das 9h às 17h, com ingressos a € 17,50 (menores de 18 anos entram gratuitamente).

Museu de Van Gogh

A maior coleção de pinturas deste grande pintor holandês, com mais de 200 obras expostas, vale a visita. Para não perder tempo nas enormes filas que se formam na bilheteria, porém, é recomendada a compra antecipada dos ingressos com dia e hora marcada para a visitação através do site oficial do museu, com informações também em português. O museu abre diariamente das 9h às 18h (durante o verão até as 19h) e às sextas até as 22h. Os ingressos custam € 17 e é gratuito a menores de 18 anos. Além disto, é possível alugar um audio guia em português (ou outros 9 idiomas) por mais € 5.

Casa de Anne Frank

Se você se emociona com histórias sobre a Segunda Guerra e o Holocausto, como nós, esteja preparado. O museu foi inaugurado em 1960 no Anexo Secreto, pequeno local onde Anne viveu com a família. A adolescente judia responsável pelo diário mais famoso do mundo manteve um emocionante relato sobre a experiência de permanecer escondida dos nazistas, vivendo por 2 anos em uma construção isolada nos fundos da empresa da família. Foram denunciados e enviados aos campos de concentração nazistas e apenas seu pai sobreviveu.

Por ser uma atração muito popular e pequena, as filas são constantes. As informações são apresentadas em inglês e holandês, mas um guia impresso em português é distribuído gratuitamente na portaria. O museu abre às 9h e até as 15:30h a entrada é permitida apenas aos portadores de ingressos adquiridos pela internet com horário marcado no site oficial. Os ingressos custam € 9 para adultos e jovens até 17 anos pagam meia entrada.

Passeio de barco pelos Canais

Este é provavelmente o mais típico dos passeios em Amsterdam. Com várias opções de empresas, horários, roteiros e, consequentemente, preços, os barcos saem em frente à Centraal Station (com dois As, mesmo). Você pode escolher desde um passeio básico de 1h com audio guia em português, a partir de €15, barcos com paradas no estilo hop on/hop off por € 22 ou passeios noturnos com queijo e vinho ou jantares românticos incluídos, em torno de €75 por pessoa. Embora os passeios noturnos proporcionem vistas maravilhosas, é durante o dia ou no pôr do sol que conseguirá tirar as melhores fotos. No Getyourguide, voce encontrará diversas opções de passeios de barcos na região.

Ficamos encantados com Amsterdam e pretendemos voltar em breve. Um dos bons motivos que temos para isto é visitar o museu da Heineken, com várias atrações interativas.  Mesmo que você não seja um grande fã da bebida, vai adorar conhecer um pouco mais sobre a marca e o processo de fabricação de cerveja. Ficou com vontade saber mais? Veja as dicas imperdíveis do Para Viagem sobre a visita ao Heineken Experience.

 

 

Veja nossos outros posts da Holanda.

 

Para Complementar seu Roteiro em Amsterdam, veja as sugestões de Passeios de um dia a partir da cidade.

Um passeio sensacional é o Parque das Tulipas – Keukenhof que descrevemos no post abaixo. Infelizmente restrito a um período de +/- 2 meses durante o ano. Geralmente no começo da Primavera no hemisfério norte. Se desejar conhecer o jardim mais impressionante de sua vida, precisará se programar e verificar no site do parque quando vão abrir.

O período pode variar de ano para ano, pois devido a fatores da natureza, os bulbos podem antecipar ou postergar sua abertura.

 

Keukenhof – imperdível Parque das Tulipas

 

Parque dos Moinhos – Zaanse Schans

Banner da Viajanet para o Suas Próximas Viagens

 

Importantíssimo lembrar que para viajar aos países da União Europeia, o seguro de viagem – Tratado de Schengen é OBRIGATÓRIO. Então não se esqueça de contratar o Seguro de Viagem   com a SegurosPromo

A Seguros Promo é a maior comparadora de seguros de viagem que fará uma pesquisa com base em seu perfil e seus dados da viagem para lhe apresentar as melhores ofertas.

Utilize nosso cupom e receba 5% de desconto na contratação.

Cupom Seguros Promo Suas Próximas Viagens

 

 



Booking.com

PLANEJANDO SUA VIAGEM 

Planeje sua viagem através do Suas Próximas Viagens. Nossos Parceiros são os mais conceituados do mercado, oferecem serviços de qualidade e são referência em suas áreas.

Nós frequentemente usamos estes serviços em nossas viagens e recomendamos. Em muitos artigos, deixamos de mencionar diversas empresas, pois não tivemos boas experiências com elas. Nosso objetivo é ajudar você a planejar suas próximas viagens para que sejam sensacionais!

 
  • HOSPEDAGEM →  Você encontrará as melhores opções através do booking.com 
  • PASSAGEM AÉREA →  Pesquise e Compre Passagens aéreas com a viajanet 
  • ALUGUEL DE CARRO →  Alugue um carro com facilidade e segurança na rentcars.com 
  • SEGURO VIAGEM → Viaje mais tranquilo e com segurança com a Seguros Promo  

2 Comments

  1. Pingback: Cruzeiro ou passeio de barco pelos canais de Amsterdam - Top 5 Tour

  2. Pingback: Parque dos Moinhos - Zaanse Schans | Suas Próximas Viagens

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*