El Capitan no Parque Nacional de Yosemite

Parque Nacional de Yosemite

Declarado Patrimônio Natural da Humanidade, Parque Nacional de Yosemite recebe anualmente mais de 5 milhões de pessoas, a grande maioria durante o verão americano. A 260km de San Francisco, este parque merece uma visita de ao menos 3 dias inteiros. Também administrado pelo NPS National Park Service, cobra ingressos de US$ 30 por veículo por até uma semana de visitação.

São 3.027 km2 em altitudes que oscilam entre 600m e 4.000m, a serem explorados com calma e olhos atentos. Enormes formações em granito, cachoeiras, lagos e uma diversidade enorme de fauna e flora fascinam amantes da natureza de todas as idades e preferências.

É possível passear de carro, bicicleta, ônibus do próprio parque ou através de trilhas, mas fique atento às distâncias.

Onde Ficar

O Parque Yosemite é enorme e estar hospedado próximo facilitará sua exploração. Entretanto, os hotéis são bem caros e a alta temporada requer reservas até 1 ano antes. Não sei quanto a você, mas nós somos típicos brasileiros e não costumamos planejar nossas viagens com tanta antecedência.

As alternativas são muitas, então vamos falar sobre elas. A concessionária dos hotéis do parque é a Aramark, que oferece opções distribuídas em 9 complexos, de cabanas a hotéis estrelados. Em termos de valores, as diárias oscilam entre US$ 66, os mais simples durante o inverno, a mais de US$ 1.300, o mais sofisticado na alta temporada.

O Hotel Majestic Yosemite, inaugurado há quase 100 anos, é a estrela da hospedagem do parque. Com diárias entre US$ 360 e US$ 1.300, já hospedou celebridades, presidentes e rainhas. A localização privilegiada oferece vistas magníficas do Half Dome e da Yosemite Falls. Seu restaurante requintado, o Dining Room Majestic, oferece todas as refeições, mas é super concorrido e requer reservas com antecedência.

Mesmo os hotéis mais simples, como o Miners Inn tem diárias a partir de US$ 66, passando de US$ 200 durante as concorridas férias de verão. Ainda assim, lotam meses antes da alta temporada começar. Vale consultar sobre disponibilidade e preços diretamente no site oficial.

Se acampar ou ficar em um trailer forem alternativas para você,  existem 13 opções por todo o parque. Enquanto metade delas requerem reserva antecipada neste link, as demais atendem por ordem de chegada.

Em vilas próximas às entradas do parque Yosemite existem opções com valores mais atrativos. A partir de San Francisco, as mais próximas também facilitarão seu deslocamento às áreas centrais do parque Yosemite. Localizadas no lado oeste, Buck Meadows, El Portal e Mariposa são algumas alternativas interessantes a considerar.

Vizinhas à entrada leste, cujo acesso proporciona um dos visuais mais incríveis do parque, estão Lee Vining e June Lake. Oferecem várias opções simples de acomodação, em hotéis 2 ou 3 estrelas.

O link do Booking traz opções próximas onde poderá se hospedar sem pagar o Premium dos Hotéis de dentro do parque.

 

Devido a extensão do Parque, e a inexistência de um sistema de transporte público, é necessário que você vá de carro. Veja as ofertas da rentcars.com para alugar um veículo em reais e ainda escapar do IOF.

Link Rentcars Suas Próximas Viagens

 

Quando Ir ao Parque Nacional de Yosemite

A princípio, o Yosemite fica aberto o ano todo, entretanto as condições variam muito no inverno, então cabe algumas ressalvas.

A melhor época é na Primavera e Outono, pois vai poder apreciar a beleza do local, ver as lindas cachoeiras, desfiladeiros, penhascos e trilhas e, ainda avistar a fauna bastante ativa no parque.

No verão, tudo isto é possível também, contudo irá encontrar uma multidão de turistas, principalmente americanos visitando o parque. É a alta temporada e o Yosemite é um dos parques mais visitados.

No inverno, algumas áreas mais altas ficam fechadas para o tráfego de veículos, permitindo seu acesso apenas por trilhas. Ainda que o frio seja muito intenso, o parque tem atrativos para conquistar o visitante. Este só precisa estar preparado para uma aventura gelada. Há locais para esquiar, caminhar na neve, snow tubbing ou trekking.

A infraestrutura do parque é muito boa e vai estar ativa para remover a neve das estradas internas, mas ainda assim é requerido que o visitante possua e saiba instalar correntes nos pneus do carro, independente do tipo de veículo. Neste vídeo abaixo, do próprio NPS, eles explicam o desafio da visita no Inverno.

 

 

Pontos a Visitar no Yosemite

Há impressionantes formações em granito por todo o parque, sendo as mais conhecidas a Half Dome e a El Capitan. Half Dome é o mais famoso cartão postal do parque, um imponente monolito de granito erguido a mais de 1.500m de altura a partir do Yosemite Valley. É possível admirá-lo a partir de vários mirantes, por ângulos e altitudes diferentes. Se Yosemite é um santuário, esta é sua mais importante catedral.

Outro ponto muito fotografado, o imponente El Capitan surge a quase 1.000m de altura do vale. Há muito tempo admirado por visitantes do parque, foi içado à categoria de celebridade em meados de 2015. Nesta época, foi adotado pela Apple para nomear seu sistema operacional. e como fundo de tela da linha mac.

Gostou das dicas? Deixe seu e-mail e seja o primeiro a saber das atualizações e novos destinos do Suas Próximas Viagens. INSCREVA-SE AQUI

Aproximadamente 95% da área do Yosemite é de natureza selvagem, com paisagens fotogênicas e encantadoras. É comum termos vontade parar para fotografar em vários lugares enquanto transitamos pelo parque. Existem, porém, Pontos Imperdíveis em Yosemite.

 

Tunnel View

Merece ser visitado no amanhecer. Um dos mirantes favoritos de quem busca boas fotos, revela neste horário cores e paisagens fantásticas. Com vista panorâmica para El Capitan, Half Dome e Bridalveil Falls, é concorrido durante as chamadas golden hours, amanhecer e entardecer. Se por um lado o outono nos privou de quedas d’água, por outro nos presenteou com variações do amarelo ao vermelho nos pinheiros do vale.

 

 

Glacier Point

É ali, a quase 1000m acima do Half Dome Village, que a natureza revela toda a sua exuberância. Como o nome sugere, suas formações são devidas à erosão do gelo sobre as rochas, há milhões de anos. A vista privilegiada contempla o Half Dome e o Yosemite Valley. Por estarmos no outono, não conseguimos ver a famosa Yosemite Falls.

 

 

Tenaya Lake

Um dos nossos pontos favoritos, o Tenaya Lake, cuja beleza passa uma paz indescritível. Cercado por enormes formações arredondadas de granito e pinheiros, transforma-se em praia nos meses de verão.

O maior lago do parque é de um azul intenso, refletindo a paisagem a sua volta no final da tarde. Foi onde tiramos algumas das fotos mais bonitas de nossa passagem pelo santuário de Yosemite.

 

 

A beleza do parque Yosemite é impressionante, não importando a hora do dia. Mesmo quando o Sol está a pino, o esplendor da região é notória.

 

Curiosidades do Parque Yosemite

O parque abriga algumas centenas de cachoeiras. Entre elas, a 5a. maior do mundo, Yosemite Falls, com 739m de altura. Março é o mês onde a vazão de água está maior, frequentemente formando um belo arco-íris em sua base. No final do verão a quantidade de água quase seca e, durante o inverno, forma-se um cone de gelo. Estivemos no parque (adivinhem?) no início de setembro,  e a queda d’água estava seca.

A Bridalveil Falls é outra cachoeira muito visitada, localizada em oposição ao El Capitan. Com 189m de altura, também quase seca no final de inverno, quando tiramos estas fotos. Pode ser vista em sua plenitude durante a primavera, após o degelo.

 

 

Muitas árvores crescem em vãos do granito, semeadas pelos pássaros principalmente no Sentinel Dome.

 

 

O Parque Nacional de Yosemite também possui três bosques de sequóias gigantes. Estas árvores enormes, que chegam a 3.000 anos, alcançam 87m de altura e uma circunferência média de 34m. Apenas trilhas acessam os bosques Tuolomne e Merced Groves, variando entre 3,5km e 5km. Mariposa Grove, o bosque mais facilmente acessível, abriga mais de 500 exemplares.

 

 

O parque está repleto de esquilos e veados, mas também são comumente vistos lobos, coiotes e carneiros selvagens. No total, mais de 90 espécies de mamíferos habitam o Parque Nacional de Yosemite. É também um excelente local para observadores de pássaros, com especial concentração de aves de rapina. O rios e lagos são um espetáculo à parte.

 

Veja aqui todos artigos que fizemos destas visitas aos Parques Nacionais Americanos

 

Parques Nacionais Americanos – Região Centro Oeste

 

Dentre os parques nacionais americanos, ressaltamos outros 7 que recomendamos fortemente que os visite.

 

Importantíssimo lembrar que para viajar para o EUA, qualquer necessidade de atendimento médico é muito caro. Então Faça sua cotação de Seguro Viagem  com a  Seguros Promo

Cupom Seguros Promo Suas Próximas Viagens

 

Utilizando nosso código acima, ainda obterá 5% de desconto !!!

 

Não muito distante do Parque Nacional de Yosemite, fica nossa cidade favorita nos EUA que te convido a conhecê-la através das melhores dicas de San Francisco.

 

 

PLANEJANDO SUA VIAGEM 

Planeje sua viagem através do Suas Próximas Viagens. Nossos Parceiros são os mais conceituados do mercado, oferecem serviços de qualidade e são referência em suas áreas.

Nós frequentemente usamos estes serviços em nossas viagens e recomendamos. Em muitos artigos, deixamos de mencionar diversas empresas, pois não tivemos boas experiências com elas. Nosso objetivo é ajudar você a planejar suas próximas viagens para que sejam sensacionais!

 
  • HOSPEDAGEM →  Você encontrará as melhores opções através do booking.com 
  • PASSAGEM AÉREA →  Pesquise e Compre Passagens aéreas com a Passagens Promo 
  • ALUGUEL DE CARRO →  Alugue um carro com facilidade e segurança na rentcars.com 
  • SEGURO VIAGEM → Viaje mais tranquilo e com segurança com a Seguros Promo  

2 Comments

  1. Pingback: Melhores Dicas Para o Parque Nacional de Yellowstone | Quando Ir | O que Fazer

  2. Estou encantada com o post.
    Queria muito ter visitado o Yosemite ano passado quando fui à California, mas não deu.
    Mas quando der, vou conhecer, e já sei onde encontrar informações necessarias.