imagem da entrada do Patagonia Camp em Torres del Paine

Patagonia Camp – Glamping em Torres del Paine

O Patagonia Camp é um daqueles hotéis de sonhos, em localização privilegiada da Patagônia chilena. Em frente ao Lago Toro, um dos maiores e mais bonitos da região, tem vista para Los Cuernos, enormes monumentos de granito do Parque Nacional Torres del Paine. Glamping com harmonia perfeita entre conforto, excelentes serviços, boa gastronomia e a natureza incrível de uma das regiões mais bonitas do Chile.

Foto da entrada do Patagonia Camp
Entrada do Patagonia Camp na estrada

Conhecemos o hotel durante a Expedição Cone Sul a bordo de um Pajero 4×4. Este foi um dos pontos altos da viagem de 2 meses por nosso continente. Uma experiência do tipo “expectativa x realidade”, mas ao inverso. Confessamos que, ao ouvirmos o nome do hotel pela primeira vez, imaginamos algo completamente diferente do que vivenciamos. O termo “camp” nos remeteu a camping, no sentido comum encontrado no Brasil. Como já passamos dos 50 e estávamos no meio de uma longa viagem, buscávamos um pouco mais de conforto. Por ser indicação de uma pessoa em quem confiamos bastante, decidimos investigar.

A menos de 9km de uma das portarias do parque nacional, o Patagonia Camp foi o primeiro acampamento de luxo da América do Sul, inaugurado em 2007. Desde o projeto inicial, foi concebido com a premissa de ser algo único. Com total respeito à fauna e flora, pretendia proporcionar o melhor em termos de conforto aos hóspedes, gerando o menor impacto possível para a natureza. A construção foi feita a mão pelos trabalhadores, sem o uso de máquinas pesadas. Sustentabilidade é a palavra de ordem e o hotel é responsável por toda a coleta e tratamento de resíduos. Toda a água é reaproveitada de alguma forma na propriedade.

Glamping: imagem do Patagonia Camp desde o acesso ao mesmo
Yurts na encosta do Lago Toro

Glamping

O Patagonia Camp é um verdadeiro exemplo de glamping, ou glamour camping. Ainda pouco conhecido por nós, brasileiros, o conceito é tendência mundial há alguns anos. Apesar de parecer contraditória, a ideia básica é aliar o melhor dos dois mundos: ter um contato íntimo com a natureza, desfrutando de habitações luxuosas.

Estar em meio à natureza é relaxante e renova as energias, mas nada como uma boa cama, ótimos serviços e um banheiro privativo completo. Resumindo, o glamping oferece uma experiência diferenciada aos hóspedes, como um 5 estrelas integrado à natureza.

Glamping: Imagem do Yurt do Patagonia Camp com o lago Toro ao fundo
Yurt e o Lago Toro

Há muitas opções em lugares como África do Sul, Estados Unidos, Nova Zelândia e Reino Unido, mas poucas na América do Sul. Seja para estar sozinho e se reconectar com a natureza, uma viagem a dois inesquecível ou para celebrar uma data especial entre a família e amigos, o glamping poderá ser uma boa alternativa.


Patagonia Camp – nossa primeira experiência com glamping

Nosso encanto começou antes mesmo de chegarmos, pela vista que tivemos do hotel a partir da estrada de acesso. O Lago Toro é de um azul intenso apesar de parecer verde em algumas fotos pelo reflexo da vegetação ao redor. Mesmo exaustos pela viagem, paramos para fotografar no caminho, antes de fazer o check-in.

Imagem do Lago Toro e o Patagonia Camp
Patagonia Camp e Lago Toro

Fomos recebidos com muitos sorrisos, por uma equipe profissional e simpática na medida certa. Sem dúvida alguma, a qualidade dos serviços é muito acima da média, mesmo para um hotel estrelado. Para chegar ao nosso yurt, caminhamos por passarelas de madeira entre a vegetação, ouvindo o canto de pássaros de várias espécies. Avistamos até um pica-pau preto de cabeça vermelha, em uma árvore próxima da passarela principal.


Mas o que são Yurts?

Não sabíamos o que eram yurts antes de nos hospedarmos no Patagonia Camp. São tendas circulares brancas inspiradas no estilo mongol. Utilizada por povos nômades daquela região por séculos, eram confeccionadas em materiais resistentes, mas leves.

Glamping: imagem do interior do Yurt no Patagonia Camp
Glamping : interior de Yurt no Patagonia Camp

Atualmente, há pouco mais de 50 hotéis com este conceito em todo o mundo, sendo este o único da América do Sul, com banheiro privativo anexo. Montados sobre estruturas de madeira, causam pouco impacto sobre o solo e podem ser removidos sem deixar vestígios.

Conversando com amigos, descobrimos que esta é uma tendência de hospedagem em vários países. Fazem inclusive a realização de eventos como casamentos em yurts em lugares como na Tailândia e o deserto de Dubai.


Yurts do Patagonia Camp

As habitações do Patagonia Camp são luxuosas e estão entre as mais confortáveis que já nos hospedamos. E, principalmente enquanto trabalhávamos como executivos, tivemos a oportunidade de conhecer vários hotéis 5 estrelas pelo mundo.


glamping: antesala do Yurt Superior
Glamping: antesala do Yurt Superior

Suas capas foram especialmente adaptadas para resistir às condições climáticas da região. No verão, por exemplo, os ventos podem chegar a mais de 180km/h. Nas 20 unidades, o ambiente é climatizado, perfeito para o clima frio da Patagônia chilena. A decoração utiliza referências da cultura mapuche, os nativos da região, abusando do bom gosto e atenção a cada detalhe. Todas as noites, deliciosos chocolates nos aguardavam sobre a cama.

Aliás, a cama parecia nos abraçar. É sério, não estamos exagerando! O colchão tem densidade perfeita e os lençóis certamente têm muitas centenas de fios. O toque para deixar a noite de sono ainda mais perfeita é um domo de acrílico transparente sobre a cama. Em noites abertas, é possível observar o céu super estrelado. Com chuva, dormir ao som da água batendo no acrílico é extremamente relaxante.

Imagem do Domus no topo dos yurts do Patagonia Camp
Domos no topo dos Yurts

O banheiro é completo e oferece o necessário para a sua estadia. Além de toalhas e roupões macios, encontramos a nossa disposição produtos de higiene de excelente qualidade e biodegradáveis.

E para complementar um dia perfeito, nosso yurt tinha um spa privativo com vista para o lago. Assim que chegávamos dos passeios, aqueciam a água para nós em poucos minutos e ofereciam drinks da nossa preferência.



Passeios no Parque Nacional Torres del Paine

Os passeios ao Parque Nacional estão inclusos nas diárias.  Todas as noites, a equipe responsável reúne os hóspedes recém-chegados para um briefing sobre as opções disponíveis nos próximos dias. Explicam detalhadamente cada opção e fazem um roteiro personalizado sob medida, considerando sua expectativa, condições físicas e a previsão do tempo.

imagem da sala do Briefing dos passeios no Patagonia Camp
Sala de Briefing dos Passeios

Você poderá optar por navegação pelo Lago Grey, tour fotográfico pelos principais mirantes do parque, observação de animais e muitos tipos de trekking, de duração e intensidade diversos. Para montar um grupo e viabilizar o passeio, são necessários ao menos 4 participantes. Você será sempre acompanhado por um experiente guia e um motorista.

Antes do passeio, perguntam sobre eventuais restrições alimentares e alergias. Providenciam tudo com o maior carinho e, sempre que o passeio permite, preparam uma bela mesa, com direito a toalhinha xadrez, em um dos mirantes com vista privilegiada. Para você ter uma ideia, como opção de bebida havia água, sucos, refrigerantes, cervejas artesanais e até vinhos. Além de aperitivos, recebemos um delicioso sanduíche gourmet, sobremesa e docinhos.


Sistema all-inclusive em Torres del Paine

Queremos contar para você porque achamos que o sistema all-inclusive vale muito a pena em Torres del Paine. Além do Patagonia Camp, vários resorts da região oferecem esta opção. Para começar, não há postos de gasolina próximos. Estávamos de carro, mas foi importante contarmos com a facilidade de fazer os passeios com as vans do hotel. Isto nos deu condições de explorar o parque com tranquilidade, sem nos preocuparmos com o combustível gasto.

Glamping: imagem do restaurante do Patagonia Camp
Restaurante

Todas as refeições e bebidas estão inclusas nas diárias. O café da manhã é estilo buffet, diverso e bem servido, com frutas, sucos, cereais, pães e tortas, doces e salgados. O almoço e o jantar são à la carte. O cardápio combina opções da culinária regional com o melhor da gastronomia mundial. Em uma das noites, tivemos a oportunidade de degustar um cordeiro assado no melhor estilo da região, com ótimos vinhos tintos da Matetic EQ.

Alguns dos pratos à la carte servidos no Patagonia Camp:

Recomendamos experimentar o calafate sour, uma bebida feita com a fruta típica da região, semelhante ao mirtilo (blueberry). Aprovamos e repetimos em várias ocasiões.


Traslados inclusos nas diárias

O Patagonia Camp possui sistema de transfer próprio, de e para os pontos mais comuns para chegar a Torres del Paine. O mais comum é a partir de Puerto Natales, um trajeto de 1h. Fazem também traslados a partir de Punta Arenas, que leva aproximadamente 4h, e até a partir da fronteira com a Argentina, em Cerro Castillo, levando também 1h.


Qualidade dos serviços

Um dos pontos de destaque é a qualidade do serviço, totalmente personalizado. A equipe é muito bem treinada e apaixonada pela beleza da região.

Gostou das dicas? Deixe seu e-mail e seja o primeiro a saber das atualizações e novos destinos do Suas Próximas Viagens. INSCREVA-SE AQUI

Difícil dizer se cuidam melhor de seus hóspedes ou do meio ambiente em que o hotel está inserido. Ficamos tocados com o amor com que todos os colaboradores do Patagonia Camp falam a respeito da natureza privilegiada de Torres del Paine.

Para realizar este sonho, é preciso reservar com bastante antecedência, dependendo da época do ano. A maioria dos hóspedes faz sua reserva entre 1 e 2 anos antes da viagem. Assim como a maioria da região, fecha durante os meses mais frios do rigoroso inverno, funcionando apenas durante 9 meses por ano. Durante o final de maio e agosto permanece fechado para manutenção.

Reservando seu hotel através do nosso blog no  Booking.com, você estará colaborando para manter o site atualizado e não pagará nada a mais por isso. O serviço de reserva é gratuito, não há taxas de reservas e a maioria pode ser cancelada gratuitamente.

Interagimos com hóspedes de várias partes do mundo, especialmente europeus e americanos. Uma das coisas que nos surpreendeu bastante foi saber que poucos brasileiros se hospedam por lá. Como referência, durante todo o ano de 2018, foram apenas uns 10 casais.

Lembra que mencionamos termos sido recebidos com sorrisos ao chegar? A despedida foi entre abraços, com a sensação de termos deixado amigos. Não bastasse a grandiosidade da natureza da região, nos encantamos por toda a experiência no Patagonia Camp. Algo que recomendamos a todos que tenham a oportunidade de vivenciar este sonho.

Não deixe de ver nossa experiência visitando o Parque Nacional Torres del Paine.


 PLANEJANDO SUA VIAGEM 


Planeje sua viagem através do Suas Próximas Viagens. Nossos Parceiros são os mais conceituados do mercado, oferecem serviços de qualidade e são referência em suas áreas.

Nós frequentemente usamos estes serviços em nossas viagens e recomendamos. Em muitos artigos, deixamos de mencionar diversas empresas, pois não tivemos boas experiências com elas. Nosso objetivo é ajudar você a planejar suas próximas viagens para que sejam sensacionais!

 
  • HOSPEDAGEM →  Você encontrará as melhores opções através do booking.com 
  • PASSAGEM AÉREA →  Pesquise e Compre Passagens aéreas com a Kayak 
  • ALUGUEL DE CARRO →  Alugue um carro com facilidade e segurança na rentcars.com 
  • SEGURO VIAGEM → Viaje mais tranquilo e com segurança contratando Seguro Viagem  

Deixe um Comentário ou Sugestão