Imagem da Fontana de Trevi em o que fazer em Roma

Roma – o que fazer na Cidade Eterna

Cheia de dualidades, Roma equilibra com maestria seus lados cosmopolita e tradicional, frenético e romântico. Com trânsito caótico, a cidade é barulhenta, desorganizada e cheia de turistas, com pessoas falando alto e gesticulando pelas ruas. Ainda assim, belíssima! Por tudo isto, provavelmente você cairá de amores por ela, como a maioria dos visitantes. Há muito o que fazer em Roma e é importante conhecer as melhores dicas antes de montar seu próprio roteiro.

Índice


Quase 10 milhões de turistas visitam a capital italiana anulamente, atraídos por uma rica combinação de história, cultura, arte, arquitetura e religião. Normalmente encontram o que buscam e muito mais.

As atrações em Roma darão a você a sensação de estar visitando um imenso museu a céu aberto. Ao contrário de outras metrópoles, são poucos os prédios e monumentos fechados para conhecer. Você encontrará a maioria quase ao acaso, enquanto caminhar entre ruelas. Assim avistará belíssimas igrejas, piazzas (praças) e suas esculturas, muitas delas criadas por gênios como Bernini.

Assim como a maioria das capitais europeias, foi construída às margens de um rio principal, o Tibre – ou Tivere, em italiano. Alguns edifícios a sua volta são especialmente fotogênicos e encantadores, especialmente quando refletidos em suas águas. Com tanto a conhecer, recomendamos ao menos 4 dias inteiros para explorá-la com a calma que merece.


Melhores dicas de Roma

Fique atento a estas informações se for sua primeira visita à cidade. Você caminhará muito, subirá diversas escadarias e a maioria das ruas é de paralelepípedos. Por isto, vale apostar em roupas e sapatos confortáveis, evitando saltos. Uma dica legal é que há fontes de água potável por toda a cidade, então tenha à mão uma garrafinha. Cuidado com batedores de carteira nos espaços de maior concentração de turistas, levando com você apenas cópias de documentos e o mínimo de dinheiro vivo. Evite também usar taxis, pois pode ter problemas (veja abaixo em Como se deslocar).


Quando ir

Como outras cidades turísticas da Europa, preferimos visitar na primavera e no outono. Nestas épocas, você terá a boa combinação de temperaturas amenas, menos turistas e preços mais atrativos.

Roma fica lotada durante os meses de verão, entre julho e setembro, e o calor pode superar os 35oC. Para quem gosta de frio, o inverno é uma boa opção, mas recomendamos cuidado com as chuvas de dezembro. Raramente neva na cidade e, quando ocorre, é bem leve. Há boas estações de ski na Itália, mas a aproximadamente 2h da capital.


Como ir a Roma

Há oferta de voos diários sem escala partindo de São Paulo e Rio de Janeiro, com tempo médio de 11h até a capital italiana. A partir de outras cidades da Europa, verifique se é mais interessante ir a Roma de avião ou trem, pois a segunda é sempre uma opção interessante a considerar na região.

Os aeroportos principais que atendem a cidade são Fiumicino , também chamado de Aeroporto Leonardo da Vinci, e o aeroporto Ciampino, mais usado para voos regionais.


 


Fiumicino é um município que fica a 50km de Roma, então você precisará planejar adequadamente seu traslado até o hotel. Há diversas alternativas para este trajeto e cada uma oferece prós e contras, dependendo de sua viagem. Para isto, considere quantidade de pessoas, bagagem, horário e outras variáveis.

Você poderá ir de trem expresso até a estação Termini e de lá pegar um transporte até o hotel. Fizemos isto da última vez, mas perdemos uma tarde toda na delegacia denunciando o motorista de taxi que trocou nossa nota de 100 euros por uma falsa.

A forma mais confortável, a nosso ver, é através de um transfer com uma van. Pode ser privado ou compartilhado, visando economizar. O ponto negativo desta opção é que você precisa se planejar com antecedência e deixar o serviço contratado, para ter certeza que haverá alguém esperando por você com um cartaz ao chegar ao aeroporto.

Contrate o transfer através da Getyourguide desde o aeroporto Fiumicino e viaje tranquilo.

Adquira seu Transfer

 

Segurança em Roma

Como quase toda cidade grande na Europa, em Roma há um grande número de desempregados e muitos refugiados. Você deve tomar cuidado principalmente com os batedores de carteira. Raramente ocorrem crimes violentos, mas nos lugares com grande aglomeração de turistas há a possibilidade de receber um encontrão para disfarçar a tentativa de furto. Como mencionamos, horários de rush podem representar um risco maior.


Você sabia que um seguro de viagem internacional pode ser tão barato quanto R$9,00 por dia? Você sabe a diferença entre um Seguro de Viagem ou Assistência de Viagem? Nós explicamos neste artigo para lhe ajudar a se proteger.

Importantíssimo lembrar que, para viajar aos países da União Europeia, o seguro de viagem – Tratado de Schengen é OBRIGATÓRIO. Então não se esqueça de contratar o Seguro Viagem com a Seguros Promo.

Utilize nosso código “PROXIMASVIAGENS5” e obtenha + 5% de desconto. Simule agora seu Seguro Viagem e descubra que ele custará menos do que você imagina.

Seguros Promo

Como se deslocar

O trânsito é terrível, como mencionamos. Mesmo nós, acostumados com grandes cidades, ficamos com receio de dirigir por lá. O transporte público é eficiente e o metrô, apesar de antigo e lotado, tem boa malha e atenderá bem suas necessidades.

Além disto, algumas ruas do centro próximas a pontos turísticos são liberadas apenas a pedestres. Se você fizer um bom planejamento, conseguirá conhecer muitos pontos caminhando, no seu próprio ritmo.

O transporte público é bom e organizado. Há aplicativos que podem ajudar muito a se planejar. “Rome Metro & Tram” funciona em iOS (Apple) ou Android para ser usado com o metrô e bondes de superfície. O metrô de Roma possui apenas 3 linhas, sendo um dos menores entre as grandes cidades européias, mas atende a maioria dos pontos turísticos.

O “Probus” pode atender você no que diz respeito a transporte através de ônibus. Também disponível nas duas plataformas para o celular.

Os bilhetes são válidos para modalidades diferentes de transporte e podem ser adquiridos por períodos. São opções de 100min, ou diários, com alternativas para 1, 2, 3 e 7 dias. São os chamados Tickets Turísticos. Você pode encontrá-los em bancas de jornais, guichês nas estações ou máquinas de autoatendimento. Inclusive através do site da Romaflex. Se for ficar muitos dias na cidade, compensará adquirir os passes diários.

Gostou das dicas? Deixe seu e-mail e seja o primeiro a saber das atualizações e novos destinos do Suas Próximas Viagens. INSCREVA-SE AQUI

Tivemos uma experiência interessante e divertida que precisamos incluir em nossas melhores dicas de Roma. Alugamos uma scooter por 1 dia e aproveitamos bastante. Traçamos um roteiro parcial fora das ruas de maior movimento e exploramos vários cantinhos. Nós adoramos este tipo de aventura e recomendamos, se também for seu estilo.

Passeando de scooter em Melhores Dicas de Roma
Scooter alugada

Uma dica importante é tomar cuidado com os taxistas, caso realmente precise utilizar esta alternativa. Tivemos problemas com notas falsas de euro e conhecemos muitas histórias semelhantes de outros viajantes. Além disto, costumam pegar os trajetos mais longos e congestionados. Se for inevitável, combine antecipadamente o valor da corrida e confira com cuidado seu troco. Uber também funciona bem na cidade e pode ser uma alternativa para seu deslocamento.

Como já mencionamos, para ir do Aeroporto Fiumicino para o seu hotel, sugerimos utilizar um tranfer compartilhado, mais seguro e confortável. Uma van para 8 pessoas, com ar condicionado, prestará o serviço por um valor justo e você não precisará se preocupar com o trânsito ou a honestidade do taxista.

Um passeio bem legal também para dar uma vista geral da cidade é o tradicional ônibus turístico Hop-on Hop-Off. Permite explorar Roma no seu próprio ritmo, embarcando e desembarcando sempre que quiser. Você poderá admirar e aprender sobre as mais belas artes, arquiteturas e atrações de Roma, contando com um audioguia em 13 idiomas, inclusive português.

Adquira Hop-on Hop-Off

Roma Pass

Como já acontece em algumas outras grandes cidades, foi criado um passe para fomentar o turismo. O Roma Pass é um ticket com finalidade turística-cultural que oferece descontos ou até entrada gratuita em algumas atrações, incluindo a locomoção pelo período contratado.

Há 2 versões disponíveis, Roma Pass 48h ou 72h. Você o adquire com antecedência e ele começa a valer quando você iniciar seu uso.

O Roma Pass 48h custa $28 euros e oferece visita a um museu, utilização livre dos meios de transporte como trem local, metrô, ônibus e bonde e descontos na compra de ingressos para outras atrações e eventos. Não está coberto o deslocamento entre os aeroportos e o Centro da cidade. Veja mais restrições aqui. 

A rede de afiliados do Roma Pass inclui mais de 45 monumentos, museus e sítios arqueológicos, incluindo o Coliseu, Museus Capitolinos, Ara Pacis, Mercado de Trajano, a Galeria Borghese, MACRO, Museus Nacionais Romanos, as Termas de Caracalla e Castelo de Santo Ângelo.

Inclui:

  • Entrada para 1 ou 2 museus ou sítios arqueológicos de sua escolha (dependendo da duração do seu passe)
  • Entrada gratuita para exposições realizadas nos museus
  • Descontos nos preços dos ingressos em todos os outros museus e/ou sítios arqueológicos visitados em seguida
  • Utilização da rede de transporte público dentro do município de Roma (ônibus e trens metropolitanos; linhas de metrô A, B, B1 e C; linhas ferroviárias Roma-Lido, Roma Flaminio Piazza del Popolo-Viterbo, Roma-Giardinetti)
  • Descontos nas entradas para exposições e eventos participantes, bem como descontos em outras atividades e serviços afiliados
  • Mapa de Roma – realidade aumentada
  • Taxa de reserva

O Roma Pass não Inclui excursões guiadas.

Adquira seu Roma Pass

Onde comer em Roma

Em relação a este delicioso tema, evite agir como sugere a expressão uma vez em Roma, faça como os romanos, a menos que não se importe de trazer alguns quilos extras em seu retorno.

A gastronomia italiana é muito rica e característica, além de apreciada no mundo todo. Apesar de associarmos sempre a pastas e pizzas, há muito mais que isto. Nós, brasileiros, incorporamos vários pratos típicos italianos em nosso cardápio. Massas secas ou recheadas, risotos, carpaccio, salada caprese, capeletti in brodo e bruschetta são apenas alguns dos muitos exemplos.

Entre nossas melhores dicas de Roma, não poderíamos deixar de incluir o básico sobre as refeições. Os italianos normalmente dividem o ritual em vários pratos, ou piatti. É comum os restaurantes servirem antipasti (aperitivos), primo piatto (massa ou risotto), secondo piatto (carne, peixes ou frutos do mar) e um dolci (sobremesa) para finalizar. Ainda usam e abusam de gelatos (sorvetes artesanais), cappuccinos e limoncello (licor à base de limão).

Há cantinas e restaurantes por toda a parte, principalmente próximos aos pontos turísticos em Roma. A melhor sugestão para escolher bons restaurantes na região é utilizar o aplicativo The Fork. Usamos em vários países da Europa e descobrimos restaurantes incríveis. Os filtros ajudam a selecionar por região, tipo de culinária, ambiente, faixa de preço e outros. Recomendamos muito! Depois conte pra gente se gostou e quais as suas melhores experiências.


O que fazer em Roma

A Cidade Eterna, como também é conhecida, transpira História e Arte, encantando visitantes de todas as idades. Ruínas com quase 2.000 anos convivem em harmonia com construções fantásticas. Esculturas perfeitas de mestres da arte estão expostas em suas belíssimas praças.

Esteja preparado psicologicamente para andar muito e dividir espaços com milhares de outros visitantes. A melhor forma de descobrir a cidade é caminhando calmamente por suas ruelas, com um bom roteiro em mãos.

Algumas atrações são imperdíveis e você precisará se organizar para não perder nada. Arme-se de coragem e disposição, acorde cedo e apaixone-se por Roma.

Uma recomendação importante se for viajar na alta temporada é adquirir os ingressos com antecedência. Poderá não encontrá-los se deixar para comprar na hora do passeio ou pegar filas imensas. Acredite, com a invasão dos turistas chineses, o risco é grande.

A cidade é praticamente um museu a céu aberto. A maioria das atrações está relativamente perto e o acesso é tranquilo através do transporte público acima mencionado. A seguir, marcamos no mapa de Roma todas as atrações e passeios recomendados neste post.


Sítios históricos

Esta é uma região pequena, mas que não pode faltar em uma lista sobre o que fazer em Roma. O lugar é rico em atrações, então programe-se para passar ao menos 4h nesta viagem ao passado. Os ingressos são unificados para o Coliseu, Monte Palatino e Fórum Romano. Comprar antecipadamente é essencial para ganhar tempo e evitar filas, mas o site oficial é bem ruim.

Adquira seus Ingressos

Coliseu (Anfiteatro Flavium)

Uma das 7 maravilhas do Mundo Moderno, é a maior atração turística de Roma. Este imenso anfiteatro foi construído há quase 2.000 anos e é o principal símbolo do Império Romano. Comportava mais de 50.000 pessoas e foi palco de espetáculos, combates entre gladiadores e eventos públicos por mais de 500 anos.

Algumas pessoas impressionam-se pela história e não gostam da energia do local. Você pode conhecer apenas a área aberta ou fazer uma visita guiada incluindo o subsolo, onde ficavam as máquinas e celas. Na entrada, cuidado com os personagens vestidos a caráter nas proximidades, como imperadores e gladiadores. O cachê para tê-los nas fotos pode ser bem salgado.

Oferecem visitas diurnas com ou sem guias e a noturna, apenas com o acompanhamento de um profissional.


Arco de Constantino

Esta maravilhosa construção foi a inspiração para seu semelhante mais famoso, o Arco do Triunfo de Paris. Construído há quáase 2000 anos, é uma obra-prima de arquitetura e escultura, pois as imagens gravadas trazem a narração da vitória de Constantino sobre Massenzio na Ponte Mílvia, em 312dC. Em frente ao Coliseu, possui 21m de altura e 25 de largura.


Viaje com segurança

Viajar com um seguro viagem é imprescindível, tanto em viagens nacionais quanto internacionais. Alguns imprevistos não mandam sinais (como crise de cálculo renal ou apendicite) ou até um escorregão em uma escadaria. Todos estamos sujeitos a isto.

Você pode contratar um seguro viagem nacional a partir de R$3,90/dia ou um seguro viagem internacional a partir de R$9,00/dia. São valores que não impactarão seu planejamento, mas permitirão que você viaje tranquilo.

Simule agora quanto irá custar seu Seguro Viagem e se surpreenda, pois sua segurança não irá pesar no orçamento.

Monte Palatino

Uma das sete colinas de Roma, foi residência de alguns Imperadores e da alta sociedade romana. Neste sítio é possível ver ruínas de palácios e outros grandes edifícios. Os jardins da área são maravilhosos e formam um interessante contraste com os vestígios das antigas construções.


Fórum Romano

Construído no séc. VII aC, foi o centro político, econômico, religioso e cultural da Roma Antiga. Você verá ruínas de prédios públicos, os Templos de Saturno e Vênus, os Arcos de Tito e de Sétimo Severo e muitas outras construções. Sugerimos explorar por conta própria, com o auxílio de um audioguia em português. Caso contrário, a visita poderá ser confusa, pois nem todos os monumentos possuem identificação.


Adquira seus Ingressos
 

Outros Pontos Turísticos em Roma

Fontana di Trevi

Um dos pontos mais visitados na cidade, precisa constar de qualquer lista sobre o que fazer em Roma. Apesar de maravilhosa, a obra-prima pode decepcionar um pouco aos menos informados em uma primeira visita. O monumento é incrível e foi restaurado recentemente, mas está instalado em uma pequena praça, normalmente abarrotada de turistas se acotovelando para tirar uma boa foto. Nossa sugestão é chegar bem cedo, para evitar a multidão.

Maior e mais bonita entre as fontes da cidade, La Fontana foi cenário de muitos filmes românticos. Construída no final do séc. XVIII, é na verdade a fachada de um edifício. Suas esculturas impressionam, com destaque para as imagens de Netuno e uma charrete de cavalos alados ao centro. A iluminação também garante que a fonte fique linda à noite. Vale visitar duas vezes, se possível.

Reza a lenda que jogar uma moeda na fonte, de costas, com a mão direita sobre o ombro esquerdo, garante ao visitante voltar a Roma. Acreditando ou não, consegue imaginar quantas pessoas você verá fazendo isto?


Travestere

É o bairro romano com grande influência judaica. Lá você encontrará as características ruas estreitas, com diversos e deliciosos restaurantes em construções centenárias. Local muito interessante de se visitar. Vai lembrar de diversos filmes gravados na região. De lá, poderá visitar a Villa Borghese e a Basílica di Santa Maria. Excelentes passeios.

Boca della Veritá

A Boca da Verdade é uma escultura centenária que aguça a curiosidade de todos que passam. A lenda por trás da escultura a faz mexer com a psique dos turistas, que brincam sobre o tema. Uma diversão gostosa.

A escultura fica na entrada da igreja de Santa Maria in Cosmedin e seu acesso é gratuito. Entretanto, por este motivo, esteja preparado para longas filas para visitar o monumento e tirar a tradicional foto com a mão dentro da boca. Em nossa última visita, pulamos esta parte por estar com pouco tempo.

Catacumbas de São Calisto

Como é tradicional nas cidades antigas europeias, as Catacumbas de São Calisto é um grande cemitério no subsolo, formado por túneis e galerias dispersos em 4 andares. Reza a lenda que há os restos mortais de 4 Papas e muitas figuras ilustres antepassadas, inclusive alguns mártires.

Ao visitá-las, com um guia, não será permitido tirar fotos. Os ingressos com direito também à Basílica de São João de Latrão podem ser adquiridos aqui.

Adquira seus Ingressos

Castelo SantAngelo

Também conhecido como Mausoléu de Adriano, tem acesso pela bela ponte Vittorio Emanuele II, adornada por esculturas e luminárias antigas. Às margens do Rio Tibre, é outra impressionante construção com quase 2.000 anos.

É possível visitá-lo internamente, mas apesar da bela vista da cidade a partir do terraço do último andar, achamos que não vale a pena. Como curiosidade, a passagem subterrânea ligada ao Vaticano descrita no livro Anjos e Demônios realmente existe. Construída há mais de 700 anos, já serviu a vários Papas.

Castelo SantAngelo em o que fazer em Roma
Castelo SantAngelo

Pantheon

Construído há quase 2.000 anos, era o Templo de Todos os Deuses romanos, antes de doado à Igreja Católica, no séc. VII. As linhas retas da fachada e colunas em granito ocultam um edifício redondo. Sua arquitetura surpreendente para uma construção tão antiga, pois o edifício circular tem 43,3m de altura e exatamente a mesma circunferência.

O exterior escuro esconde a riqueza do interior, amplamente decorado em vários tipos de mármore. No centro da cúpula, há um círculo aberto de quase 9m por onde a luz entra, iluminando muitas obras de arte expostas nas paredes. Isto causa um efeito incrível nos dias de sol. Apesar de dizerem que o projeto perfeito faz com que a chuva não entre no local, a verdade é outra. Em dias de chuva forte entra muita água e os visitantes se aglomeram próximos às paredes.

Gostou das dicas? Deixe seu e-mail e seja o primeiro a saber das atualizações e novos destinos do Suas Próximas Viagens. INSCREVA-SE AQUI

O Pantheon fica localizado na bela Piazza della Rotonda, cujos cafés também serviram de cenário para diversos filmes.


Piazzas – Praças de Roma

Um dos encantos da cidade é que algumas das principais atrações estão expostas a céu aberto. As praças, fontes e esculturas de grandes mestres surpreendem os visitantes de repente, enquanto caminham pelas ruas de paralelepípedo. Pontos obrigatórios em qualquer lista sobre o que fazer em Roma!

Piazza di Spagna

Apesar de estar sempre lotada e não gostarmos de multidões, é uma das nossas preferidas. A escadaria de acesso à Igreja Trinità dei Monti fica tão cheia que talvez tenha dificuldade em passar por ela. Muitas comemorações italianas e até desfiles de moda são realizados no local. No centro da praça, chama a atenção a Fontana de la Barcaccia, mais uma obra de Bernini, em formato de barco. Em frente, a luxuosa Via Condotti reúne lojas das melhores griffes e bons restaurantes.

Piazza Navona

Repleta de casas coloridas e restaurantes charmosos, muitas vezes tem sua beleza escondida pela centena de turistas, ambulantes e artistas de rua. Um dos endereços mais caros da cidade, abriga o prédio da Embaixada do Brasil. Na praça, estão localizadas as belas Fontana dei Quattro Fiumi, de Bernini, e outras duas fontes.


Piazza Venezia – Vittoriano ou Altare della Patria

Em meio à praça Venezia está um dos edifícios mais imponentes de Roma, também conhecido como Bolo de Noiva. Localizado em um ponto alto da cidade, o Vittoriano atrai a atenção à distância, com 135m de largura por 70m de altura. Foi inaugurado no início do séx. XX em homenagem a Vittorio Emanuele II, primeiro rei da Itália após a unificação. Abriga o Museu do Ressurgimento, dedicado a este momento da História do país.

Piazza Campo de Fiori

Praça repleta de restaurantes charmosos com mesas do lado externo. Uma feira livre para venda de flores e produtos locais é atração constante, dando um show de cores e aromas. É comum deparar-se também com ambulantes e artistas de rua.

Piazza del Popolo

A Praça do Povo é palco de manifestações e comemorações entre os romanos. Em seu centro, destaca-se um enorme obelisco egípcio com mais de 2.000 anos. Duas igrejas semelhantes, Santa Maria dei Miracoli e Santa Maria in Montesanto, ficam em uma de suas extremidades.

Importantíssimo lembrar que para viajar à U.E. o seguro de viagem – Tratado de Schengen é OBRIGATÓRIO. Então não se esqueça de contratar o Seguro Viagem com a Seguros Promo

Você sabia que um seguro de viagem internacional pode ser tão barato quanto R$9,00? Você sabe a diferença entre um Seguro de Viagem ou Assistência de Viagem? Nós explicamos neste artigo para lhe ajudar a se proteger.

Use nosso código e obtenha 5% de desconto na contratação do Seguro de Viagem. Faça agora mesmo a simulação de seu seguro viagem e veja que sua tranquilidade custará pouco.

Seguros Promo

 


Vaticano

Para visitar a sede da Igreja Católica, você precisará sair oficialmente da Itália, uma vez que o Vaticano é o menor estado independente do mundo. Tem menos de 0,5 km2 e 1.000 habitantes. Está localizado no centro de Roma, próximo ao Castelo Sant’Angelo, e sugerimos reservar um dia todo para conhecer alguns dos seus melhores tesouros.

Museus do Vaticano

Ainda que não seja um amante de museus ou tenha a impressão de que não gostará do acervo, separe algumas horas para visitá-los. Os Museus do Vaticano estão entre os mais ricos do mundo, com uma extensa coleção de arte greco-romana, além de obras de gênios como Michelangelo, Rafael, Leonardo da Vinci e Caravaggio. São tantos os estímulos que às vezes simplesmente não sabemos para onde olhar, se para os afrescos do teto, os mosaicos dos pisos ou para as obras de arte expostas em suas paredes.

Algo imperdível, em nossa opinião, é a visita à Capela Sistina. Permita-se encantar pelos afrescos de Michelangelo, compostos por painéis inspirados em passagens do Gênesis. A obra foi inteiramente pintada pelo artista, ao longo de mais de 4 anos de trabalho. O ponto central é a Criação de Adão, uma das obras de arte mais conhecidas e admiradas de todos os tempos. O acesso à capela é controlado a um máximo de visitantes por vez e não permitem fotos em seu interior.

Antes de sair dos Museus, lembre-se de passar pela famosa rampa circular e cumprir o ritual de fotografá-la também. Os Museus do Vaticano são muito concorridos e visitados por grupos grandes. Para evitar filas, programe-se com antecedência e garanta seus ingressos. Abertos de 2a a sábado, das 9h às 18h. Ingressos para adultos a partir de 27 euros para as duas atrações.

Adquira seus Ingressos

Basílica de São Pedro

Centro do Vaticano, a Basílica de São Pedro é outro ponto turístico muito visitado. As filas costumam durar horas e dão voltas pela Praça de mesmo nome. Para entrar, é necessário passar por um sistema de segurança com raio X semelhante aos dos aeroportos.

A Basílica está localizada no centro da Piazza San Pietro, ou Praça São Pedro, uma das maiores e mais bonitas da Europa. Chega a acomodar mais de 300.000 pessoas em ocasiões especiais. Em seu entorno poderá apreciar 140 colunas com esculturas de santos, criados por discípulos de Bernini. No centro da praça, destacam-se um obelisco de 25m de altura e uma fonte criada pelo próprio Bernini.

Caso pretenda visitar o santuário, fique atento às regras de vestimenta. Não são permitidos decotes, transparências excessivas e as roupas devem ter mangas, cobrir ombros e joelhos. O mesmo aplica-se a outras Igrejas da cidade.

Ao entrar, pare para admirar sem moderação a bela escultura de Pietá, de Michelangelo. A maravilhosa cúpula da Basílica também leva a assinatura do mestre. Vários Papas foram sepultados abaixo da Basílica e seus túmulos são muito visitados. O ponto alto, literalmente, é a vista a partir da cúpula, um belo prêmio aos que encaram a longa escada ao terraço superior.


Onde ficar em Roma

Reservando seu hotel através do nosso blog no  Booking.com, você estará colaborando para manter o site atualizado e não pagará nada a mais por isso. O serviço de reserva é gratuito, não há taxas de reservas e a maioria pode ser cancelada gratuitamente.

Encontrar um bom hotel, bem localizado e não muito caro é um desafio em Roma. Apesar de haver muitas opções de hotéis, vários são antigos e precisam de manutenção. Outros são novos e de excelente estrutura, mas mal localizados. O melhor para facilitar seu deslocamento será escolher hotéis centrais, próximos a estações do metrô ou boas linhas de ônibus.

Uma dica importante ao decidir sobre sua hospedagem é certificar-se sobre o tipo de hotel. Em Roma, é comum alugarem andares em prédios antigos e disponibilizarem poucas unidades a visitantes menos avisados. Isto acontece principalmente nos que incluem “Suites” ou “Rooms” no nome. Os quartos podem ser modernos, mas algumas vezes não há estrutura mínima, como elevadores ou telefones nos quartos. Entre os cuidados para escolher seu hotel na região central, verifique se há acesso para carros ou se precisará caminhar com sua mala de rodinhas pelas ruas de paralelepípedo.

Sem dúvida alguma, a escolha do hotel é sempre uma das maiores preocupações ao planejarmos uma viagem. Por já termos enfrentado o trabalho de pesquisa para todos os destinos que publicamos no Suas Próximas Viagens, decidimos fazer uma sugestão reduzida de alternativas para ajudar você a escolher onde se hospedar em Roma.

Como os fatores que pesam na escolha de um hotel são diferentes de pessoa a pessoa, definimos alguns critérios com base em nossa experiência e construímos uma lista de sugestões considerando os seguintes aspectos:

  • Localização
  • Nível de Conforto x Preço (para efeito de comparação, selecionamos 5 noites em baixa temporada, para um casal que deseja um certo conforto e privacidade – 3 Estrelas).
  • Avaliação dos Hóspedes >8
  • Facilities (Wifi – Estacionamento – Café da Manhã – etc.)

Em alguns casos, a lista terá informações coletadas por nós mesmos e, em outros, utilizaremos os dados do Booking.com. É a ferramenta que usamos para planejar nossa hospedagem, confiamos nos critérios de avaliação dos hotéis e é nosso parceiro no Blog.


Checkin Villa Angelina

Se, como nós, você não gosta de quartos com mobiliário antigo, esta é uma excelente alternativa. Próximo à estação do metrô Bologna, esta raridade na cidade tem instalações novas e confortáveis. O atendimento é excelente e o café da manhã um bom diferencial. Oferecem transfer do aeroporto e wifi gratuito.

Pontos Fortes

  • Localização próximo ao metro (400mts)
  • Estacionamento Privativo, Gratuito e próximo.
  • Conforto das instalações e Wifi gratuito
  • Café da manhã muito bom, mas não incluso na tarifa
  • Diária média a partir de U$60,00
  • Oferecem translado do aeroporto ( custo adicional)
  • Avaliação dos hóspedes do Booking.com

Gostou da Recomendação? Veja Mais Informações


Navona Essence Hotel

Este hotel também é novo e fica em uma das melhores localizações da cidade. A poucos metros do Campo de Fiori, o Navona tem excelente custo-benefício, quartos confortáveis, bom atendimento e café da manhã diferenciado. Wifi gratuito e até elevador!

Pontos Fortes

  • Localização próximo ao centro (1200mts).
  • Conforto das instalações, elevador e Wifi gratuito
  • Café da manhã muito bom incluso na tarifa
  • Diária média a partir de U$110,00
  • Obs. Não tem estacionamento
  • Avaliação dos hóspedes do Booking.com

Gostou da Recomendação? Veja Mais Informações


Hotel Santa Maria

Localizado em um antigo convento, este pequeno hotel está localizado em um dos bairros mais charmosos de Roma, Trastevere. Os quartos são confortáveis, todos com vista para o jardim interno. Oferece wi-fi gratuito e ótimo café da manhã.

Pontos Fortes

  • Localização próximo ao centro (1200mts)
  • Estacionamento Público pago próximo. 1 euro/hora
  • Conforto das instalações, frigobar, bicicletário e Wifi gratuito
  • Café da manhã muito bom incluso na tarifa
  • Diária média a partir de U$80,00
  • Oferecem translado do aeroporto e lavanderia ( custo adicional)
  • Avaliação dos hóspedes do Booking.com

Gostou da Recomendação? Veja Mais Informações


Termini

Há atualmente inúmeras opções de hospedagem a valores bem atrativos na região de Termini, próximo à estação de trem central. É possível encontrar diárias de hotéis 4 estrelas, de grandes redes, por bem menos que os pequenos 3 estrelas do centro da cidade. Entretanto, é uma área feia, afastada e pouco turística. Por causar insegurança, sugerimos buscar outras alternativas, se possível.

 


Passeios a partir de Roma

Dependendo de sua disponibilidade de tempo, há destinos muito interessantes nas proximidades de Roma, que valem a pena serem conhecidos.

Os que mais nos impressionaram foram a Região de Toscana, onde se encontra Firenze (Florença), Siena, Montaltino e a Costa Amalfitana. Há operadores de tours que sugerem até como um passeio bate e volta, contudo, nossa recomendação é que passe mais alguns dias em cada destino, pois a beleza da região é impressionante. Ao fazer em apenas 1 dia você não terá a oportunidade de conhecer o mínimo de cada local. Nos posts dos links, onde escrevemos sobre os destinos, recomendamos ao menos 4 dias para cada um. Estamos loucos para voltar e explorar ainda mais estas regiões.


Onde fazer compras em Roma

Em Roma você vai encontrar muitas lojas relacionadas a vestuário, artigos de luxo, antiguidades e decoração, além das tradicionais lembrancinhas para turistas.

Normalmente o comércio funciona das 9h às 13h e das 15:30h às 19:30h, de segunda a sábado. Esta é a referência mais comum, entretanto há lojas que operam em horários diferentes. Sugerimos consultar os sites para ver se o estabelecimento que procura trabalha com horários distintos.

Você encontrará lojas mais tradicionais voltadas ao turista, como Zara, Diesel, H&M e Nike, na Via del Corso. Há também lojas menos famosas e voltadas para o mercado local.

Se o seu objetivo são as grifes de luxo, seu destino é a região próxima à Plaza di Spagna e Via dei Condotti. É onde encontrará as lojas mais sofisticadas, como Prada, Louis Vuitton, Bvlgary, Dior, Cartier e outras. Em Roma não há shoppings de luxo. As lojas ficam nas ruas próximas aos pontos turísticos.

Os outlets em Roma ficam mais afastados do centro e requerem um deslocamento maior. Os principais outlets são Valmontone e Castel Romano Designer Outlet.


Usando o celular na Europa

Como se manter conectado durante sua viagem? Veja neste artigo o que recomendamos e se aplica MUITO bem à Itália.

A Easysim4u pode entregar em sua casa um chip para ser usado em sua viagem para toda a Europa. Economia e simplicidade, com suporte em português. Usando o código RBBVGRATIS, você não pagará o frete. Os pacotes da Easysim4u começam a partir de 55,00 Euros.

A opção de compra de um chip local vai sair mais em conta para você, entretanto não terá o suporte em português para instalação e configuração. No caso de se sentir confortável em tratar estes temas com os atendentes italianos, pode ser uma economia.

 

Booking.com


 PLANEJANDO SUA VIAGEM 


Planeje sua viagem através do Suas Próximas Viagens. Nossos Parceiros são os mais conceituados do mercado, oferecem serviços de qualidade e são referência em suas áreas.

Nós frequentemente usamos estes serviços em nossas viagens e recomendamos. Em muitos artigos, deixamos de mencionar diversas empresas, pois não tivemos boas experiências com elas. Nosso objetivo é ajudar você a planejar suas próximas viagens para que sejam sensacionais!

 
  • HOSPEDAGEM →  Você encontrará as melhores opções através do booking.com 
  • PASSAGEM AÉREA →  Pesquise e Compre Passagens aéreas com a Kayak 
  • ALUGUEL DE CARRO →  Alugue um carro com facilidade e segurança na rentcars.com 
  • SEGURO VIAGEM → Viaje mais tranquilo e com segurança contratando Seguro Viagem  

Deixe um Comentário ou Sugestão