Vista da London Eye em O Que Fazer em Londres

O que Fazer em Londres

Há muitos lugares icônicos a conhecer na cidade. Alguns fazem parte do Patrimônio Mundial protegido pela Unesco, como a Torre de Londres e o Palácio de Westminster, onde se reúne o Parlamento Inglês. E como há muito o que fazer em Londres, a melhor forma de planejar sua visita é conhecer um pouco de tudo o que a cidade oferece e montar seu próprio roteiro.

O Que Fazer em Londres

Principais Pontos Turísticos em Londres

Big Ben

Sem dúvida, o mais famoso monumento londrino. Ao contrário do que muitos pensam, este não é o nome do relógio no alto da Torre Elizabeth, mas do imenso sino que badala em seu topo há mais de 150 anos. A torre faz parte do complexo do Palácio de Westminster, casa do Parlamento inglês.

Em agosto de 2017, foi iniciado um grande projeto de restauração cujas obras estão previstas para durar por 4 anos. Infelizmente, durante este período sua beleza estará comprometida pela presença de andaimes e o sino ficará silencioso. As obras abrangerão o reforço da estrutura da torre de quase 100m de altura e prevê a instalação de um elevador para acesso ao seu topo. Apenas o sino principal, responsável pelo nome, pesa 13,7 toneladas.

 

Abadia de Westminster

Próxima à Torre Elizabeth e ao Big Ben, impressiona pela bela arquitetura gótica. Inaugurada há mais de 700 anos, foi palco de alguns dos eventos mais importantes da família real nos últimos séculos, como coroações e casamentos.

Os horários de visita oscilam ao longo do ano, sendo o mais comum de 2a. a 6a das 9:30h às 15:30h, e aos sábados até as 14:30h. Ingressos com Audio para adultos a partir de £23,00. Idosos e crianças têm descontos. Audioguia em Português (Portugal) incluso no ingresso. Mais informações no site oficial.

 

Palácio de Buckingham

Outro importante símbolo e ponto turístico de Londres, o Palácio desperta interesse e curiosidade. Construído em 1703, tornou-se a residência oficial da família real britânica apenas em 1837. Sofreu várias reformas e ampliações ao longo do tempo, conta atualmente com 77 mil m2 de área construída e mais de 770 cômodos. Os jardins do Palácio também são admiráveis, tanto por sua beleza quanto pelo tamanho, ocupando 160 mil m2. Assim como o Castelo de Windsor, o palácio é propriedade do governo inglês.

O acesso ao Palácio de Buckingham é restrito, mas atrai milhões de visitantes anualmente em seu exterior para assistirem à Troca da Guarda. O melhor lugar para acompanhá-la é sobre o Victoria Memorial. Todas as manhãs, este monumento centenário localizado bem em frente ao portão principal, no centro dos Jardins da Rainha, fica lotado de visitantes buscando um bom campo de visão. No centro da estrutura de mármore branco, está uma grande estátua da Rainha Vitória. Nas laterais, esculturas em bronze representam o Anjo da Justiça, o Anjo da Verdade e a Caridade.

A troca da guarda ocorre diariamente durante o verão e em dias alternados nas demais estações. O cerimonial inicia às 11h, mas o movimento de turistas começa com 1h de antecedência. Dependendo da época do ano, prepare-se para dividir a experiência com milhares de pessoas do mundo todo. Dura cerca de 40 minutos e é acompanhado por uma banda tocando clássicos, como o tema do filme 007.

 

 

Trafalgar Square

Principal praça de Londres, foi construída no início do séc. XIX em homenagem ao Almirante Nelson e à Batalha de Trafalgar. É onde ocorrem vários tipos de eventos e manifestações, comemorações nacionais, exposição da árvore de Natal da cidade e torcida nos jogos de futebol da seleção inglesa.

Desde 2015, uma escultura com o formato do esqueleto de um cavalo atrai a atenção dos visitantes da praça. O Gift Horse representa o poder, o dinheiro e a História, e traz informações atualizadas das cotações da Bolsa de Valores de Londres.

Aproveite a visita para fotografar a bela Coluna de Nelson e os leões de bronze que a protegem. É também a porta de entrada do National Gallery, um dos melhores museus da cidade.

 

 

Tower Bridge

Normalmente chamada de London Bridge por engano, a Tower Bridge é mais conhecida que sua vizinha no Tâmisa. Apesar de mais nova, tem uma construção mais marcante e tornou-se mais visitada e fotografada. Sua arquitetura única extremamente fotogênica mistura as torres gêmeas e os cabos azulados. Há ainda o sistema levadiço, que ergue a parte central para permitir a passagem de barcos maiores. É possível subir à torre e ver uma exposição sobre a história do local, mas apesar da bela paisagem, em nossa opinião há passeios mais interessantes a fazer na cidade.

 

Torre de Londres

A White Tower, construída há quase 1.000 anos sob o reinado de Guilherme, o Conquistador, foi uma fortaleza medieval estrategicamente localizada. Às margens do Tâmisa, protegia a cidade contra ataques. A construção coleciona séculos de histórias e lendas, inclusive sobre fantasmas ilustres. Para quem assistiu o filme A Outra (2008), impossível não associar o local à decapitação de Ana Bolena.

Há peças interativas interessante para crianças e pessoas fluentes em inglês. Há um pequeno museu com acervo interessante, onde o destaque são as joias da Coroa Britânica. São mais de 23.500 pedras preciosas, incrustadas em coroas, cetros e outras peças usadas em cerimônias oficiais pela realeza. É a coleção dos maiores símbolos da Monarquia Britânica, de muita importância política, religiosa e cultural. É a área mais concorridas por visitantes de todo o mundo. Aberto de 3as a sábados das 9h às 17:30h, 2as e domingos a partir das 10h. Ingressos para adultos para visitar a torre as as jóias da coroa a partir £31,00.

 

London Eye

Você sabe o que a London Eye tem em comum com a Torre Eiffel, em Paris, e o Palácio de Fine Arts, em San Francisco? Este é mais um exemplo de construção idealizada para ser um evento temporário que, para nossa sorte, tornou-se definitivo. Construída para fazer parte das comemorações da virada do milênio na cidade (1999/2000), seria desmontada 5 anos após a data. Por este motivo, foi chamada de Millenium Wheel.

Próxima à ponte de Westminster, onde está localizado o Big Ben e a Casa do Parlamento, proporciona uma belíssima vista panorâmica das margens do Tâmisa. Mesmo idosos e pessoas com restrição a altura gostarão do passeio. A roda gigante de 135m de altura tem 32 cabines transparentes para até 25 pessoas cada e move-se bem lentamente. A volta completa dura 30 minutos. Diariamente das 10h às 20:30h – a partir de £ 29,90.

Gostou das dicas? Deixe seu e-mail e seja o primeiro a saber das atualizações e novos destinos do Suas Próximas Viagens. INSCREVA-SE AQUI

Recomendamos comprar o ingresso antecipadamente e, se possível, o fast track, que permite pular as longas filas durante a alta temporada. Considerando que esta é a atração paga mais visitada de Londres, imagine quanto tempo esta opção poderá significar a você. Aproveite para conhecer o corredor repleto de cerejeiras brancas atrás de sua entrada principal.

 

Covent Garden

Um cantinho charmoso e imperdível, no coração de Londres. Antes um mercado a céu aberto, hoje abriga lojas luxuosas e restaurantes interessantes. Nos últimos anos, vem atraindo cada vez mais grifes famosas, como Rolex, Chanel, Dior e Apple. As opções gastronômicas de Covent Garden agradam a todos. Você encontrará excelentes opções como pubs, salões de chá e pequenos restaurantes de chefs renomados. À noite e aos finais de semana é comum encontrar artistas se apresentando no local.

 

Entrada do Covent Garden nas melhores dicas de londres
Entrada do Covent Garden

 

The Shard

Inaugurado em 2013, este arranha-céu envidraçado mudou a skyline de Londres. O The Shard é o edifício mais alto da Europa, em formato de cone, com 87 andares e 310m de altura. Localizado às margens do Tâmisa, tem mirantes abertos ao público no 69o e no 72o andares. O primeiro é totalmente fechado em vidro e climatizado. Já o segundo é parcialmente aberto e permite sentir o clima e ouvir os sons da cidade. Ambos oferecem vistas de tirar o fôlego – Ingressos a partir de  adultos £28,65 e crianças £ 19,95. Há no prédio restaurantes de várias especialidades, onde encontrará uma combinação perfeita entre boa gastronomia e vistas espetaculares.

 

 

Museus em Londres

 

Como mencionamos, alguns dos museus de Londres estão entre os melhores do mundo. Ao todo, a cidade oferece mais de 200 exposições fixas, a maioria com entrada gratuita. Entretanto, as excelentes exposições temporárias podem cobrar ingressos à parte.

National Gallery

Localizado no coração da cidade, na Trafalgar Square, este museu reúne um impressionante acervo dos grandes mestres da pintura. Em seus corredores, encontrará obras de Raphael a Michelangelo, de Rembrandt a Van Gogh. Uma das belíssimas obras A Virgem dos Rochedos, de Da Vinci, é destaque da coleção. A outra peça de mesmo nome está no Louvre, em Paris. Mensalmente, há um concerto de música clássica com entrada também gratuita no museu. Estas e outras informações no site oficial do museu. Diariamente das 10h às 18h, 6a até as 21h. Entrada gratuita.

 

National Gallery em O Que Fazer em Londres
National Gallery

 

British Museum

Mais antigo e um dos mais importantes do mundo, o museu foi inaugurado em 1759. É uma instituição pública e agrega obras desde a pré-história aos dias atuais. Possui um incrível acervo com mais de 7 milhões de peças e sua arquitetura é um espetáculo à parte.

O British Museum está envolvido em disputas com os governos dos países de origem de algumas de suas peças mais valiosas. Bons exemplos são a Pedra de Roseta e a coleção de esculturas retiradas da Acrópolis. Enquanto a briga judicial não se soluciona, as áreas destinadas à Grécia e ao Egito seguem imperdíveis. Diariamente das 10h às 17:30h, 6a até 22:30h. Entrada gratuita.

 

Natural History Museum

Este museu começa a surpreender pela arquitetura, pois está instalado em um belo edifício vitoriano inaugurado em 1883. Crianças de todas as idades se encantam com seu acervo, o maior sobre história natural do mundo, com mais de 70 milhões de espécies. Destaque para os esqueletos de dinossauros e baleias e a coleção de pedras preciosas. As inúmeras galerias são divididas em assuntos, como genética, astronomia e mamíferos. Aberto diariamente das 10h às 17:50h, com entrada gratuita.

 

Madame Tussaud

Não seja preconceituoso! Algumas pessoas torcem o nariz ao ouvir falar sobre um museu de cera. Em uma cidade com tantos museus fantásticos, concordamos que seria algo dispensável, pois não agrega conhecimento a ninguém. Mas para quem estiver com crianças, pode ser um programa bem divertido. Em tamanho natural, as esculturas representam membros da família real, astros do rock e do esporte. Alguns personagens de filmes de ação e super heróis também aparecem por lá de vez em quando. As horas que passamos neste museu renderam muitas fotos e risadas. De 2a. a 6a. das 9:30h às 17:30h e aos finais de semana 9h às 18h.

 

Tate Modern

Às margens do Tâmisa, abriga uma coleção de tirar o fôlego dos amantes de Arte Moderna. Ocupa o prédio que pertencia a uma estação de energia e pertence ao grupo Tate, responsável por outras galerias de arte. Seus 7 andares abrigam obras de Dalí, Picasso, Miró e outros grandes mestres contemporâneos. De Domingo a 5a das 10h às 18h, 6a e Sábados até as 22h. Entrada gratuita.

 

Parques

Quase metade da área da cidade é composta por parques. Muitos deles serviam no passado como área de caça dos nobres britânicos e pertencem até hoje à família Real. Lindos, floridos e bem conservados, são um convite a caminhadas, relaxamento e picnics, quando o tempo permite. Aliás, os londrinos costumam aproveitar os poucos dias de sol ao ar livre em um dos concorridos parques da cidade.

 

Banner da Viajanet para o Suas Próximas Viagens

 

Hyde Park

Maior e um dos parques favoritos dos britânicos, onde ocorrem shows e outras atividades ao ar livre. Bem cuidado e florido, é cortado pelo belo lago Serpentine.

 

Kensigton Gardens

Fazia parte do Hyde Park e foi separado após a construção do Palácio de Kensigton. Abriga também a famosa casa de shows Royal Albert Hall.

 

Regent’s Park

Próximo à movimentada Oxford Street, este parque é o oásis da região. Em dias ensolarados, é comum os londrinos concorrerem pelas áreas entre as margens de seus lagos e canteiros de flores para relaxarem ou fazer picnics.

 

St James’s Park

Ao lado do Palácio de Buckingham, este é um dos parques mais bonitos e bem cuidados da cidade. Além de muitos esquilos em suas árvores, seu lago está constantemente cheio de gansos e pelicanos.

 

Musicais – West End

Outro programa imperdível para quem vai a Londres são as excelentes produções musicais, tão boas quanto as encenadas na Broadway. Há opções para todos os gostos e, mesmo que não seja um grande fã do estilo, provavelmente encontrará alguma que o agrade.

É verdade que algumas exigem fluência do idioma para acompanhar o enredo. A maioria, porém, pode agradar apenas pela qualidade das músicas e cenários já conhecidos. Na dúvida, escolha uma montagem que conheça a história e canções, como as que renderam filmes. É o caso de Rei Leão, O Fantasma da Ópera e Les Misérables. Outra opção é acompanhar uma produção inspirada em músicas de algum de seus ídolos, como Mamma Mia! (Abba), We Will Rock You (Queen) e Thriller Live (Michael Jackson). Recomendamos comprar os ingressos on-line antecipadamente para garantir bons lugares e condições nas datas em que estiver na cidade.

Temos um parceiro que comercializa diversos passeios e programas em Londres, inclusive para os musicais. Para garantir seu ingresso e fugir das filas, faça a sua programação e compre antecipadamente:

 

 

Com tanto o que fazer em Londres, você entenderá porque recebem quase 20 milhões de visitantes estrangeiros anualmente. Temos certeza que você também vai se apaixonar!

 

Outras Dicas de Londres

Já decidiu onde se hospedar em Londres ? Fizemos uma seleção de opções para ajudar na sua escolha. Click na Foto abaixo.

 

Onde Se Hospedar em Londres

Gostou das dicas? Deixe seu e-mail e seja o primeiro a saber das atualizações e novos destinos do Suas Próximas Viagens. INSCREVA-SE AQUI

 

No artigo abaixo, você verá importantes dicas de Quando Ir, Como se Deslocar e Onde Comer em Londres. Click na Foto.

 

Melhores Dicas de Londres

 

Você sabia que um seguro de viagem internacional pode ser tão barato quanto R$9,00 por dia?  Você sabe a diferença entre um Seguro de Viagem ou Assistência de Viagem? Nós explicamos neste artigo para lhe ajudar a se proteger.

 

Importantíssimo lembrar que, para viajar aos países da União Europeia, o seguro de viagem – Tratado de Schengen é OBRIGATÓRIO. Então não se esqueça de contratar o Seguro de Viagem   com a Seguros Promo.

Utilize nosso código e obtenha 5% de desconto. Se optar por pagamento através de boleto bancário, eles concederão outros 5%.

Cupom Seguros Promo Suas Próximas Viagens

 

 

 

 

Como se manter conectado durante sua viagem? Veja neste artigo o que recomendamos e se aplica MUITO bem no Reino Unido.

 


Booking.com

 

Banner da viajanet para o Suas Próximas Viagens

PLANEJANDO SUA VIAGEM 

Planeje sua viagem através do Suas Próximas Viagens. Nossos Parceiros são os mais conceituados do mercado, oferecem serviços de qualidade e são referência em suas áreas.

Nós frequentemente usamos estes serviços em nossas viagens e recomendamos. Em muitos artigos, deixamos de mencionar diversas empresas, pois não tivemos boas experiências com elas. Nosso objetivo é ajudar você a planejar suas próximas viagens para que sejam sensacionais!

 
  • HOSPEDAGEM →  Você encontrará as melhores opções através do booking.com 
  • PASSAGEM AÉREA →  Pesquise e Compre Passagens aéreas com a viajanet 
  • ALUGUEL DE CARRO →  Alugue um carro com facilidade e segurança na rentcars.com 
  • SEGURO VIAGEM → Viaje mais tranquilo e com segurança com a Seguros Promo  

8 Comments

  1. Obrigada pelas dicas. Adorei! Estou fazendo roteiro de minha viagem por elas.

  2. Roteiro tão completo!! Parabéns! Dá vontade de bater ponto em todos os lugares citados!!! Amamos Londres por tudo isso, todas essas possibilidades culturais! No West End assistimos a Incrível Fábrica de Chocolates e Matilda, os dois muito bons! Recomendo para quem vai com crianças! Aliás, em Londres tem ótimos passeios para os pequenos, como o Museu de História Natural, como vocês mencionaram.

    • Muito obrigado pelo Feedback. Realmente Londres encanta os visitantes. Foi uma grata surpresa para nós. Não fomos com tanta expectativa para lá, mas voltamos com a sensação que precisaremos voltar para uma outra temporada.

  3. Olha, que post completo! Adorei e amei Londres demais. Por isso, achei as tuas dicas ótimas. Quero voltar logo…

    • Muito obrigada, ficamos felizes que tenha gostado. A ideia é apresentar dicas a quem ainda não conhece a cidade, mas se vocês adoram Londres e acharam o post completo, ficamos com a sensação de missão cumprida. Voltem sempre!

  4. Eu sou completamente apaixonada por Londres! E o guia de vcs ficou espetacular!! Só imprimir e levar na próxima viagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*