Big Ben Visto da London Eye nas melhores dicas de Londres

Melhores Dicas de Londres

Uma metrópole repleta de áreas verdes sempre bem cuidadas, onde prédios centenários convivem em harmonia com arranha-céus envidraçados. Alguns dos maiores e mais completos museus do mundo, muitos com entrada gratuita. Musicais sensacionais, à altura dos encenados na Broadway. Organização de fazer inveja ao resto do mundo. Esta é apenas uma pequena lista dos muitos encantos da cidade. Dá vontade de voltar ao escrevermos sobre as melhores dicas de Londres. Bom lembrar que você não precisará de Visto para Londres em sua viagem se for passar menos de 6 meses em Turismo.

 

Vista desde a London Eye nas melhores dicas de Londres
Vista desde a London Eye

Eclética, a cidade permite vários tipos de viagens, dependendo do gosto e do bolso dos visitantes. Cheia de dualidades, é ao mesmo tempo tradicional e moderna, descontraída e formal. O povo inglês é educado e diverso. Mais de um terço da população é formado por imigrantes e seus filhos, das mais diversas etnias. Isto faz com que se ouça tanto inglês quanto outros 300 idiomas pelas ruas. Em seus passeios, você encontrará pessoas vestidas com trajes elegantes e sociais, assim como jovens desfilando seus piercings e cabelos multicoloridos.

Londres foi fundada pelos romanos há mais de 2.000 anos e soube preservar muito da sua história. Há vários edifícios e outras instalações medievais bem conservados pela cidade. Um dos principais centros financeiros do mundo, compete pelo título com Nova York. As praças ocupam quase 50% de sua área total e está entre as mais ativas quanto à preservação do meio ambiente, deixando no passado as marcas da revolução industrial.

 

Passeio pelo Tâmisa nas melhores dicas de Londres
Passeio pelo Tâmisa

 

Passear nos ônibus vermelhos de dois andares e nos tradicionais taxis pretos. Entrar em uma cabine telefônica vermelha, beber despreocupadamente em um pub ou tomar um chá às 17h. Assistir uma partida de futebol, tênis ou do exótico críquete. Não importa o que você sonha em fazer na cidade – estas e outras atividades têm um charme todo especial em Londres.

 

 

Importantíssimo lembrar que, para viajar aos países da União Europeia, o seguro de viagem – Tratado de Schengen é OBRIGATÓRIO. Então não se esqueça de contratar o Seguro Viagem   com a Seguros Promo.

Use o nosso código “PROXIMASVIAGENS5” e obtenha 5% de desconto.


Seguros Promo

 

Você sabia que um seguro de viagem internacional pode ser tão barato quanto R$9,00 por dia?  Você sabe a diferença entre um Seguro de Viagem ou Assistência de Viagem? Nós explicamos neste artigo para lhe ajudar a se proteger.

 

 

Nossas Melhores Dicas de Londres

 

Clima

Prepare um agasalho impermeável e um guarda-chuva. Provavelmente serão bons companheiros de viagem, pois são gêneros de primeira necessidade. A cidade é conhecida por seus dias nublados e pela neblina, o famoso fog londrino, além da garoa fina.

É comum encontrar as 4 estações do ano em um único dia. Sem tantas oscilações térmicas, haverá provavelmente momentos de vento, chuvas e sol intercalados. As temperaturas são sempre amenas. No verão, entre junho e setembro, oscilam entre 12oC e 22oC. Já o inverno traz temperaturas entre 3oC e 10oC. Isto parece bem frio para nós, brasileiros, mas aceitável se comparado com outras cidades da Europa.

Cerejeiras Brancas na Praça Jubilee Gardens nas melhores dicas de londres
Cerejeiras Brancas na Praça Jubilee Gardens

 

Quando ir para Londres

O verão apresenta as temperaturas mais agradáveis, mas também a maior quantidade de visitantes. Prepare-se para encontrar multidões nos pontos mais turísticos. A frente do Palácio de Buckingham durante a troca da guarda é um excelente exemplo disto.

Dificilmente neva durante o inverno e a quantidade de dias em que isto ocorre diminuiu muito nos últimos 50 anos. Os centros de estudos metereológicos apontam menos de 10 dias por ano, e muitas vezes referem-se apenas a fluries. Isto significa que nos dias mais frios, a garoa fina transforma-se em finos flocos de neve. Muitas vezes eles derretem antes mesmo de chegar ao chão.

Pessoalmente, gostamos mais da primavera e outono, quando as temperaturas são agradáveis e os parques estão especialmente coloridos. Além disto, é baixa temporada e há menos fluxo de turistas pela cidade.

 

 

Gostou das dicas? Deixe seu e-mail e seja o primeiro a saber das atualizações e novos destinos do Suas Próximas Viagens. INSCREVA-SE AQUI

Turismo em Londres

Nem a invasão dos turistas nos últimos anos mudou o humor britânico, apesar de ter impactado drasticamente a paisagem dos pontos mais concorridos. Em 2016 foram quase 20 milhões de visitantes estrangeiros, número que cresceu mais de 20% nos últimos 4 anos. Londres desbancou Paris e é atualmente a segunda cidade mais visitada do mundo, ficando atrás apenas de Bangkok, com 21,5 milhões anualmente. O turismo tornou-se um dos principais setores da economia local.

Merece destaque a quantidade de turistas chineses na cidade nos últimos anos. São grandes grupos, em sua maioria acima de 40 anos. Sem querer generalizar, mas já o fazendo, em sua maioria são barulhentos, desorganizados, pouco educados e não falam inglês. Apenas para ilustrar sua importância no turismo da cidade, boa parte das atrações e seus sites apresentam informações também em chinês.

 

 

London Bridge nas melhores dicas de londres
London Bridge

 

Como chegar em Londres

Há voos diretos a partir de São Paulo e Rio de Janeiro. Há também voos com escalas em todas as outras capitais da Europa. Para ter uma ideia da quantidade de opções, o Aeroporto de Heathrow é o mais movimentado do mundo em termos de viajantes internacionais.

Caso você esteja em alguma outra capital europeia, também é possível fazer sua viagem para Londres de trem. Fizemos esta experiência uma vez a partir de Paris, mas achamos um pouco frustrante. Mais caro, demorado e sem a menor graça, não encontramos um único motivo que justificasse.

A começar pelo processo de segurança na estação de Gare du Nord, tão rigoroso quanto os embarques em aeroportos. Acostumados a transitar tranquilamente pela fronteira entre os países da Europa, não imaginávamos tamanha burocracia e lentidão. Os trens são confortáveis, mas como não há paisagens durante a longa travessia do Canal da Mancha, sugerimos que vá de avião mesmo. A viagem de trem leva 2:30h, enquanto a de avião apenas metade deste tempo.

 

Royal Festival Hall nas melhores dicas de Londres
Royal Festival Hall

 

Onde ficar em Londres

Londres é uma cidade muito cara, principalmente se considerarmos a diferença entre a poderosa libra esterlina e nosso pobre real. Com isto em mente, há opções de hospedagem para quase todos os gostos e bolsos. Você encontrará de badalados 5 estrelas a hostels, e basta paciência para encontrar o local mais adequado a suas expectativas e possibilidades.

Para sua conveniência, verifique a localização e, se possível, opte por estar a poucos metros de uma estação do metrô. Como mencionamos ao falar sobre transporte público, tente hospedar-se próximo de estações das zonas 1 ou 2. Se encontrar uma opção interessante em regiões mais distantes, faça as contas do adicional de transporte para ter certeza que a diferença valerá a pena.

Os pontos turísticos mais concorridos localizam-se nos bairros de Westminster, Kensigton e Covent Garden. Estas regiões têm várias alternativas interessantes de hospedagem, mas com valores mais elevados.

St Giles London

Considerando as opções e sua relação custo-benefício, optamos pelo St. Giles London. Este 3 estrelas recém reformado tem localização privilegiada, no coração do West End, a apenas 200m da estação Tottenham Court do metrô.

É perfeito para quem pretende ir ao The British Museum e aproveitar os musicais em sua estadia na cidade. Há muitas opções de restaurantes na região e voltar a pé dos teatros é tranquilo e seguro.

A equipe de atendimento é atenciosa, educada e simpática. Demos sorte e uma brasileira nos atendeu durante o check in, dando boas dicas de passeios e restaurantes da região.

O hotel dispõe de 675 quartos amplos e bem equipados. Se der sorte de ficar em um andar alto, verá a bela skyline da cidade pela janela. O café da manhã é delicioso e bem variado. O wifi normal é gratuito e bom, mas se precisar de mais velocidade pode contratar uma versão premium.

 

* Imagens do site do Hotel

Um cassino funciona anexo, com acesso pelo lobby principal. Ao contrário dos grandes hotéis-cassino de Las Vegas, este tem entrada discreta e os hóspedes não passam entre mesas e máquinas caça-níqueis para acessar os quartos.

Nas dependências do hotel há ainda uma academia completa, com piscina olímpica aquecida, administrada pelo YMCA. É cobrada à parte, mas vale a pena para os atletas de plantão. Apesar de não dispor de estacionamento, há convênios com locais próximos que oferecem bons descontos.

Avaliação dos Hóspedes do Booking.com


Booking.com

Gostou da Recomendação? Veja Mais Informações

 

Para lhe oferecer mais opções de hospedagem em Londres, fizemos o artigo complementar abaixo. Click na foto.

Onde Se Hospedar em Londres

 

 

 

Centro Financeiro nas melhores dicas de viagem para Londres
Centro Financeiro

 

Onde comer em Londres

Esqueça o tradicional fish and chips, ou peixe com batatas fritas. Atualmente há opções de cozinhas do mundo todo, além de boas redes de comida rápida.

O queridinho chef-celebridade Jamie Oliver tem quatro redes de restaurantes, cada um com uma especialidade. A mais famosa, ironicamente, tem cardápio tipicamente italiano, o Jamie’s Italian. Há várias unidades espalhadas pela cidade, sendo a mais charmosa a de Convent Garden.

Entrada do Covent Garden nas melhores dicas de londres
Entrada do Covent Garden

 

A melhor dica para encontrar um restaurante bem avaliado e na medida para suas expectativas é usar o The Fork. Tanto o site quanto o aplicativo ajudam muito para selecionar e reservar o local mais adequado para o almoço ou jantar. Além de filtros legais, como avaliação, localização, tipo de cozinha e faixa de valores, você ainda pode conseguir descontos ou outros benefícios. Teste e conte pra gente nos comentários o que achou.

Aproveite que estará na cidade para algo imperdível nas terras da Rainha: o tradicional chá das 17h. Há salões especializados em cada cantinho, super charmosos e com acompanhamentos de comer rezando, de tão bons. Garantimos que será uma experiência inesquecível. Além disto, os doces das patisseries de Londres em nada devem a suas concorrentes francesas. Esqueça a dieta e permita-se aproveitar estas extravagâncias. Vai valer a pena!

Outra experiência tipicamente britânica é uma boa noitada em um Pub. Em contraste com a formalidade dos restaurantes sofisticados da cidade, o ambiente descontraídos destes bares especializados em cerveja atraem jovens e famílias.

Além da interessante decoração temática da maioria deles, amantes da bebida vão se deliciar com a diversidade de cores e sabores oferecidos. Mesmo os mais experientes podem se sentir inseguros diante de tantas opções apresentadas no cardápio ou na parede do estabelecimento.

 

Como se deslocar em Londres

Ao contrário dos demais lugares que visitamos, não nos animamos a alugar um carro. Em primeiro lugar, porque o transporte público é um dos mais abrangentes e eficientes do mundo. Depois, porque não nos atrevemos a dirigir na mão invertida, como os britânicos fazem.

Como referência de localização, a Trafalgar Square é seu marco zero, ou seja, o ponto a partir de onde se contam as distâncias na cidade. Tudo localizado a sua esquerda é mencionado como West side (lado oeste)e à direita como East side (lado leste). O rio Tâmisa é a referência horizontal, sendo tudo o que fica acima do rio considerado como norte e o que fica abaixo como sul. A parte ao sul da cidade é conhecida como South Bank.

Para fazer um primeiro reconhecimento da cidade, consideramos válida uma voltinha de ônibus tipo hop-on hop-off. Você passará pelos principais pontos turísticos e começará a se situar quanto à localização. Um passeio nos ônibus vermelhos de dois andares e nos clássicos taxis pretos, os black cabs, também costuma estar na lista de desejos de muitos visitantes.

 

 

Gostou das dicas? Deixe seu e-mail e seja o primeiro a saber das atualizações e novos destinos do Suas Próximas Viagens. INSCREVA-SE AQUI

Metrô em Londres

O metrô londrino é a mais extensa rede ferroviária subterrânea existente. Para a região metropolitana, são 11 diferentes linhas. É uma excelente opção, fora dos horários de pico. Dependendo da linha e do horário, encontrará trens novos, limpos e vazios. Há estações por toda a cidade e mapas gratuitos em todas elas. Para melhorar, algumas linhas passaram a funcionar durante toda a noite às sextas e sábados, quando também foi reforçado o policiamento das estações. Nos demais dias, funciona das 5h à meia-noite.

É importante mencionar que o metrô da cidade está dividido em zonas. O centro da cidade é a região 1, e a partir dele foram criados círculos numerados até 6, sendo a última a mais distante. Como o valor das passagens são proporcionais à distância, ficar próximo a estações distantes representará um aumento nas suas despesas de locomoção. Leve isto em consideração ao decidir sobre sua hospedagem. Mais informações sobre o metrô no site oficial.

 

Passeios alternativos

Vale ressaltar também que a cidade é plana e arborizada. Dependendo da distância e do clima, vale a pena fazer caminhadas ou usar bicicletas para ir de um ponto ao outro. Uma alternativa interessante é fazer um tour de bicicleta em português. Com duração aproximada de 3h, você verá alguns dos principais pontos turísticos e conhecerá curiosidades interessantes sobre eles. London Eye, Big Ben, o Parlamento e o belíssimo Palácio de Buckingham estarão no seu trajeto, com pausas para fotos e informações.

Por fim, não poderia faltar em nossa lista de melhores dicas de Londres um passeio de barco pelo Tâmisa, para ver a cidade sob um ângulo diferente. Há várias opções de barcos turísticos, onde guias dão informações sobre os edifícios e monumentos avistados. Você pode também optar por barcos mais confortáveis com almoço ou jantar romântico – uma experiência inesquecível! Há também os públicos, mais simples e baratos. Chamado de River Bus, ou ônibus do rio, vale a pena mesmo que não vá utilizá-lo como meio de transporte, mas para um bate-e-volta. Se o tempo colaborar, verá lindas paisagens e trará deste passeio algumas das fotos mais bonitas da sua visita à cidade.

 

Veja neste post abaixo nossas dicas sobre os Melhores Passeios e O que Fazer em Londres. Click na foto.

 

O que Fazer em Londres

 

 

Que tal já se planejar para uma esticada de sua viagem à Londres. Veja um roteiro bem completo para 5 dias em Paris.

Roteiro de 5 dias em Paris

 

 

 

Como se manter conectado durante sua viagem? Veja neste artigo o que recomendamos e se aplica MUITO bem no Reino Unido.

 

 


Booking.com

 

PLANEJANDO SUA VIAGEM 

Planeje sua viagem através do Suas Próximas Viagens. Nossos Parceiros são os mais conceituados do mercado, oferecem serviços de qualidade e são referência em suas áreas.

Nós frequentemente usamos estes serviços em nossas viagens e recomendamos. Em muitos artigos, deixamos de mencionar diversas empresas, pois não tivemos boas experiências com elas. Nosso objetivo é ajudar você a planejar suas próximas viagens para que sejam sensacionais!

 
  • HOSPEDAGEM →  Você encontrará as melhores opções através do booking.com 
  • PASSAGEM AÉREA →  Pesquise e Compre Passagens aéreas com a Passagens Promo 
  • ALUGUEL DE CARRO →  Alugue um carro com facilidade e segurança na rentcars.com 
  • SEGURO VIAGEM → Viaje mais tranquilo e com segurança com a Seguros Promo  

6 Comments

  1. Silvia Bolzani

    Muito obrigada pelo comentário, Cris. Esperamos que você teste o The Fork em breve e que ele a ajude a descobrir excelentes opções. Depois conte pra gente como foi a experiência.

  2. Londres com certeza é a cidade mais eclética do mundo, simplesmente encantadora.
    Muitas dicas interessantes. Gostei muito do aplicativo do The Fork na escolha do restaurante, com certeza irei testar.
    Parabéns pelo post, completíssimo, não faltou absolutamente nada.

  3. Hoje em dia é nossa cidade preferida!! Somos apaixonados por Londres!!! Nos encanta muito essa diversidade cultural que vocês descreveram tão bem! Além da cozinha italiana, também gostamos muito dos hambúrgueres de Jamie Oliver!

    • Silvia Bolzani

      Londres é uma cidade sensacional e com uma estrutura fantástica para os visitantes. São tantas as boas opções gastronômicas que dá vontade voltar para testar as novidades. Obrigada pela dica, não conhecemos os hambúrgueres do Jamie Oliver. Já anotamos como dica para uma próxima visita.

Deixe um Comentário ou Sugestão