Vista do Porto de Capri

Capri e Anacapri – Paixão em dobro

Capri foi um capítulo à parte em nossa passagem pelo litoral da Campânia. O acesso à ilha pode ser feito por barcos rápidos ou ferryboats, com saídas a partir de Nápoles e Sorrento (20m, € 18). Há também a opção de sair pelas praias da Costa Amalfitana durante a alta temporada. Embarcamos em Salerno, onde estávamos hospedados, no primeiro barco do dia. A passagem custou € 22 por pessoa e a viagem demorou 2h, pois paramos em todas as praias da costa. Ganhamos uma vista maravilhosa das encostas e suas construções neste trajeto. Alguns preferem a vista da estrada, mas nós nos encantamos mais com o que vimos do barco.

A cor do mar Mediterrâneo é maravilhosa nesta região, oscilando do turquesa ao azul índigo nos pontos mais profundos. Lindo de ver, difícil descrever em palavras.

Avistando a Ilha de Capri vindo do Continente
Ilha de Capri
Chegando a Ilha de Capri
Ilha de Capri

A ilha é dividida em duas cidades localizadas no alto da montanha: Capri e Anacapri. Capri é a badalada, enquanto Anacapri é mais tranquila e com ares de cidade do interior. A forma mais rápida para ir da Marina Grande (porto) aos centrinhos é subir pelo Teleférico (funicular). Pode-se também pegar o miniônibus, ambos por € 1,80 por trecho. Durante a alta temporada, a ilha ferve e há filas para tudo. Neste período, é comum esperar por mais de 1h para pegar ônibus ou teleférico.

Para quem quer viver seu momento de celebridade, os taxis são carros conversíveis, novos ou antigos, normalmente coloridos. É comum as passageiras entrarem no clima usando chapéus, echarpes e óculos escuros. Trajetos curtos são cobrados pelo taxímetro e, como referência, até a Piazzetta fica menos de € 20. Em baixa temporada os motoristas são mais flexíveis e é possível negociar por período ou trajeto antecipadamente.

Optamos por explorar a ilha no nosso estilo: alugando uma scooter. Há várias empresas oferecendo este serviço próximas à Marina. Os atendentes costumam ser atenciosos e, além de fornecer mapas, orientam quanto a onde ir e quais caminhos seguir. É importante notar que nos centrinhos de Capri e Anacapri não é permitido entrar de scooter ou carro.

A piazzetta, localizada no centrinho, é o coração de Capri. Abriga hotéis 5 estrelas, restaurantes sofisticados e uma enorme concentração de lojas de grife de alta moda. Os bares da praça são os melhores locais para ver e ser visto, ficando lotados de turistas.

Anacapri é menos movimentada e preserva uma aura de cidade pequena. No meio do dia, o maior movimento em suas calçadas  é de crianças indo à escola e moradores conversando despreocupadamente. O comércio, voltado ao artesanato e outros produtos locais, fecha para o almoço e só reabre no final da tarde! E isto vale para todos os tipos de comércio: padarias, gellaterias e até farmácias. Encontramos máquinas de venda automática com ítens de primeiros socorros e higiene pessoal, para os horários em que as farmácias estão fechadas.

A Igreja de Anacapri
A Igreja de Anacapri

Da Marina Grande partem barcos para passeios em torno da ilha. O mais famoso é o que leva à Gruta Azul, um dos destinos mais “ame-o ou odeie-o” da Europa. Trata-se de uma gruta com uma entrada muito pequena, de 1m de altura e 2m de largura. Os visitantes precisam deitar-se em um pequeno barco a remo para conseguir entrar. O local é escuro, mas a luz do sol reflete no mar por outra abertura,  iluminando-a com um azul maravilhoso.

Gruta Azul seria uma experiência fantástica, não fosse o tempo enorme que se espera nas filas do lado de fora. Mesmo na baixa temporada, aproximadamente 1h de espera para menos de 3 minutos dentro da gruta. Além disto, o passeio é salgado:  € 14 no barco até a entrada, mais € 14 para o barquinho a remo e gorjeta no final. Se quiser fazer o passeio, recomendamos informar-se com antecedência. Os horários mudam em função da maré e a entrada pode ficar restrita às primeiras horas do dia. Não dermos a sorte de poder visitar o local. A maré estava muito cheia e impedia o acesso à gruta. Chegamos por terra apenas até o lado da entrada que estava submersa.

Vista da Praia de Capri
Capri
Maré Alta impedindo o acesso a Gruta Azul em Capri
Gruta Azul – Capri

Outro cartão postal de Capri são os faraglionis, três picos de rocha de até 100m de altura erguidos no mar. Apesar da melhor forma de visitá-los ser de barco ou lancha, podem ser vistos a partir da Punta di Tragara, localizada no extremos oposto da Marina Grande.

Faraglionis em Capri
Faraglionis em Capri

Um dos lugares de que mais gostamos foi o Farol de Capri. A praia tem uma beleza natural espetacular, com rochas em volta e mar aberto. É o ponto mais ensolarado da ilha, com boa estrutura de bar e espreguiçadeiras para turistas. Ficamos um pouco apreensivos com jovens se jogando ao mar do alto de rochas com uns 30m de altura, mas nem isto tirou o brilho do local.

Vista do Farol de Capri
Farol de Capri

Nossa opinião? Capri é maravilhosa e merece ser visitada. De preferência não em um bate e volta, como muitos fazem, mas com tempo disponível para explorar os cantinhos deste pedaço de paraíso.

A belíssima Costa Amalfitana

Acesse aqui outros posts da Itália 

Importantíssimo lembrar que para viajar à U.E. o seguro de viagem – Tratado de Schengen é OBRIGATÓRIO. Então não se esqueça de contratar o Seguro Viagem   com a SegurosPromo

 

 

 PLANEJANDO SUA VIAGEM 


Planeje sua viagem através do Suas Próximas Viagens. Nossos Parceiros são os mais conceituados do mercado, oferecem serviços de qualidade e são referência em suas áreas.

Nós frequentemente usamos estes serviços em nossas viagens e recomendamos. Em muitos artigos, deixamos de mencionar diversas empresas, pois não tivemos boas experiências com elas. Nosso objetivo é ajudar você a planejar suas próximas viagens para que sejam sensacionais!

 
  • HOSPEDAGEM →  Você encontrará as melhores opções através do booking.com 
  • PASSAGEM AÉREA →  Pesquise e Compre Passagens aéreas com a Kayak 
  • ALUGUEL DE CARRO →  Alugue um carro com facilidade e segurança na rentcars.com 
  • SEGURO VIAGEM → Viaje mais tranquilo e com segurança contratando Seguro Viagem  

4 Comments

  1. O post tá muito informativo, sem contar que as fotos estão maravilhosas!!! Vontade de conhecer logo! Pena que temos aqui uma fila grande de destinos, kkkkk

  2. Fiquei encantada com a paisagem e a descrição dos muitos passeios que vocês fizeram. E muito surpresa ao final do texto, quando disseram que tudo foi um bate e volta.

  3. Belas descrições….me trouxe gratas recordações, pricipalmente da cor do mar e das sinuosas estradinhas escavadas nas encostas…..

  4. Essa descrição detalhada , nos faz lembrar de nossa estada há 45 anos , mas tivemos sorte. Pudemos visitar a Gruta Azzurra